15/01/2016 09h34 - Atualizado em 17/01/2016 14h08

Pesquisadores da Fapeam cobram pagamento das bolsas de dezembro de 2015

Os pesquisadores também sofreram 21 dias de atraso nas bolsas de novembro do ano passado.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após terem sofrido com 21 dias de atraso nas bolsas de novembro de 2015, os pesquisadores-bolsistas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) cobram agora o pagamento das bolsas de dezembro.

A bióloga e pesquisadora da Fapeam, Beatriz Pinheiro, gravou um vídeo no facebook exigindo respeito do Governo do Estado e o pagamento imediato das bolsas em atraso. Ela está desenvolvendo importante projeto com química de proteína de anfíbios. Segue o link para do vídeo: (https://www.facebook.com/202109526800015/videos/209470719397229/?theater).

O deputado José Ricardo Wendling (PT) conversou em dezembro com a direção da Fapeam e, na ocasião, foi informado que os pagamentos atrasados seriam regularizados. Ele ainda encaminhou expediente à Fundação solicitando informações, além de providências para que atrasos no pagamento do auxílio aos bolsistas não aconteçam novamente.

“Não se pode priorizar obras, quando temos salários atrasados e hospitais sucateados, prejudicando a população. O Governo do Estado precisa se planejar melhor. Os pesquisadores precisam honrar seus compromissos e contam com esse auxílio. Há caso de bolsistas que estão em outros estados desenvolvendo suas pesquisas para benefício do Amazonas e passam por constrangimentos com esses atrasos”, declarou ele, ressaltando que continuará na luta em defesa da ciência e da tecnologia do Amazonas. “É preciso dar um basta em mais esse descaso do Estado”, disse.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505