08/01/2016 08h51 - Atualizado em 8/01/2016 08h51

Prefeitura irá capacitar profissionais para o enfrentamento ao Zika Vírus

A capacitação acontecerá no período de 12 a 14 de janeiro.
Foto: Boa Vista Agora
Foto: Boa Vista Agora

No período de 12 a 14 de janeiro, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), irá promover a capacitação “Resposta, Vigilância e Atenção relacionada ao Zika Vírus”, no auditório da Fundação de Medicina Tropical, no bairro Dom Pedro, zona Oeste. O treinamento foi uma das pautas da reunião do Comitê de Enfrentamento da Microcefalia, integrado por técnicos, titulares das Secretarias Estadual de Saúde (Susam), Pedro Elias, e Municipal (Semsa), Homero de Miranda Leão Neto, e pelo presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, realizada nesta quinta-feira (7), no auditório da Susam.

“Serão três dias de capacitação, com nove turmas de 120 profissionais. Ao total 1.080 servidores, entre médicos, enfermeiros e equipes dos laboratórios, irão participar. Cada treinamento terá a duração de uma hora e será abordado o cenário epidemiológico, manejo clínico, combate ao mosquito e vigilância laboratorial”, explicou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Semsa, Angélica Tavares, lembrando que as inscrições serão feitas no site do órgão.

Foi discutida, também, a urgência em normatizar o atendimento aos recém-nascidos nas maternidades, públicas e privadas, em Manaus. O secretário municipal de saúde, Homero de Miranda Leão, enfatizou a necessidade de fazer a medição do perímetro cefálico, por exemplo, como preconiza o Ministério da Saúde. “A medição do perímetro cefálico é uma informação epidemiológica imprescindível. Precisamos garantir a precisão desse dado”, afirmou o secretário, considerando o atual contexto de combate à microcefalia.

Durante a reunião, uma comissão foi formada para dar uma solução imediata a este problema. A ideia é estabelecer um fluxo padrão de atendimento, com a definição de responsabilidades. “Após esta primeira capacitação, uma outra será realizada com os profissionais que atuam no parto e pós parto, na Atenção Secundária”, informou a subsecretária municipal de gestão da saúde, Lubélia Sá Freire.

Ainda de acordo com a subsecretária, a Semsa irá receber a partir desta sexta-feira (8), reforço no combate ao Aedes aegypti. “Teremos mais 40 veículos na nossa frota para aumentar a resposta às denúncias que estão surgindo pelo ‘DisqueSaúde’, por meio do telefone 0800 280 8 280 e do e-mail [email protected], informou.

Na próxima semana, dia 12, a Prefeitura irá inaugurar o Centro Integrado de Operações Conjuntas em Saúde (CIOCS), em parceria com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), exclusivo para o combate ao Aedes aegypt. O espaço irá reunir atividades como o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), a central do ‘Disque-Saúde’.

Até o dia 7 de janeiro, Manaus contabilizava 89 casos suspeitos de Zika Vírus. Do total, dois foram confirmados, oito descartados e 79 permanecem em investigação, sendo 13 gestantes.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505