02/02/2016 11h50 - Atualizado em 3/02/2016 11h54

Associação dos Oficiais da Polícia publica nota de apoio a Major e repúdio a deputados

De acordo com a nota, Alessandra Campêlo, José Ricardo e Luiz Castro agiram de forma ‘politiqueira’.
Foto: ALE-AM
Foto: ALE-AM

A Associação dos Oficiais da Polícia e do Bombeiro Militar do Amazonas (AOPBMAM) divulgou na manhã desta terça-feira (2), uma nota de apoio ao Major Fábio Falabella da Casa Militar da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) decorrente a acusações que a deputada Alessandra Campêlo (PCdoB) fez à ele frente ao ocorrido ontem na Casa Legislativa, quando Hinaldo Castro, ligado ao Partido dos Trabalhadores (PT), jogou cédulas falsas no governador José Melo (PROS).

A deputada diz ter sido tratada com desrespeito pelo Major e denunciou o membro da Casa Militar em tribuna nesta terça-feira. Além disso defende a tese que o jovem foi agredido dentro de uma das salas ALE-AM.

De acordo com a nota, a conduta da deputada é um ‘ato politiqueiro’, bem como a dos deputados José Ricardo (PT) e Luiz Castro (REDE), que atacaram verbalmente os oficiais e interferiram na ocorrência policial.

A nota diz que após o ocorrido com o governador, o rapaz foi imobilizado e levado para uma sala de logística da ALE-AM para ser tomada as providências cabíveis. A deputada foi até a sala e retirou Hinaldo impedindo a ação da Casa Militar frente as suas responsabilidades.

Leia a nota na íntegra:

Fonte: AM POST

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505