22/02/2016 13h44 - Atualizado em 22/02/2016 13h44

Campelo comenta a possibilidade de acordo trabalhista entre estivadores e Porto Chibatão

500 trabalhadores foram demitidos na fim do ano passado.
Foto: Tiago Corrêa (CMM)
Foto: Tiago Corrêa (CMM)

O vereador Álvaro Campelo (PP) entende que a questão envolvendo o Sindicato dos Estivadores do Amazonas e o Porto Chibatão ainda está em fase inicial de negociação, referindo-se à possibilidade de conciliação expressa no documento assinado entre as duas partes após audiência com o juiz do trabalho Alexandro Silva Alves, na última sexta-feira.

Álvaro Campelo, que está acompanhando todas as negociações entre o Sindicato e a empresa portuária, espera que seja alcançada rapidamente uma solução que venha atender com justiça a reivindicação dos trabalhadores.

Na audiência trabalhista realizada no dia 19, na 16ª Vara do Trabalho de Manaus, foi suspensa e adiada porque “as partes assinalaram uma possibilidade de conciliação quanto à contratação por vínculo empregatício dos associados do Sindicato para algumas funções que, entretanto, depende de entendimentos com a diretoria da empresa e com a base sindical”, segundo documento assinado pelo juiz e representantes dos setores em disputa.

A data da próxima audiência é 18 de março, às 9h30, para instrução, quando as partes deverão apresentar suas considerações finais.

Os estivadores de Manaus foram dispensados das atividades no Porto Chibatão em dezembro de 2015, e iniciaram uma série de ações reivindicando a reintegração, por entenderem que o ato fere a legislação vigente para as atividades portuárias do setor. Uma das reações contra o desemprego de mais de 500 profissionais, entre estivadores e auxiliares, passa pela realização de uma audiência pública na Câmara Municipal de Manaus, proposta pelo vereador Álvaro Campelo, em data a ser definida na próxima semana.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505