04/02/2016 16h03 - Atualizado em 4/02/2016 16h03

Começam as intervenções no Espaço Verde Nascentes das Águas Claras 1 e 2

As obras fazem parte do Projeto Espaço Verde na Comunidade.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As duas áreas verdes situadas na avenida Arterial, do Loteamento Nascentes das Águas Claras, no bairro Novo Aleixo, zona Norte, já começaram a receber as intervenções para a criação dos Espaços Verdes Nascentes das Águas Claras 1 e 2. As obras fazem parte do Projeto Espaço Verde na Comunidade, desenvolvido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

O projeto visa promover a recuperação e revalorização das áreas verdes de loteamentos habitacionais aprovados pelo município, com intervenções de plantio e instalação de equipamentos públicos para práticas esportivas e de lazer em trechos degradados.

Nos dois espaços, será feito o plantio de aproximadamente 2,5 mil mudas de espécies arbóreas, frutíferas e ornamentais, como parte do projeto paisagístico elaborado pelo Departamento de Arborização e Paisagismo da Semmas.

De acordo com o secretário da Semmas, Itamar de Oliveira Mar, a entrega das duas áreas verdes recuperadas deverá acontecer no próximo mês de abril e será mais um passo importante no processo de consolidação do Projeto Espaço Verde na Comunidade como uma política pública de gestão de áreas verdes na cidade.

“As intervenções começaram na primeira semana de janeiro, conforme previsto, e ficarão prontas dentro do prazo estipulado pelo Ministério Público do Estado do Amazonas e a Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias (Vemaqa), responsáveis pela compensação ambiental firmada com a empresa Mac Engenharia, ao custo de R$ 800 mil, que possibilitou a recuperação das áreas verdes do loteamento”, afirmou.

As duas áreas verdes se encontravam bastante degradadas por conta de fatores antrópicos, daí a necessidade de revegetação. No último dia 3 de dezembro, o projeto foi apresentado aos moradores pelo secretário Itamar Mar, o juiz titular da Vemaqa, Adalberto Carim, e o promotor de Justiça, Francisco de Assis Aires Arguelles, da 49ª Promotoria de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico do MPE.

A escolha do Águas Claras para receber o projeto se deu pela grande pressão que as áreas verdes do loteamento sofrem em virtude da ação de invasores.

“Temos aqui diversas situações de ocupação irregular que já estão sub judice e, para nós, a implantação do projeto nesta área é emblemática porque vem marcar em definitivo a presença do poder público, em parceria com a comunidade, na proteção do que ainda não foi invadido”, afirmou, na oportunidade, o secretário.

No Nascentes das Águas Claras, as duas áreas verdes contempladas pelo projeto somam 7.329,36 metros quadrados, beneficiando diretamente os moradores de 252 lotes existentes no entorno das mesmas. Serão realizadas intervenções de recuperação vegetal, com plantio de novas árvores, projeto paisagístico e a implantação de equipamentos públicos como iluminação de LED, pista de caminhada, academia ao ar livre, playground, quadra e mesas de jogos.

Esta é a segunda intervenção do Projeto Espaço Verde na Comunidade, em Manaus. O primeiro, o Espaço Verde Campo Dourado, foi inaugurado em junho do ano passado, no Loteamento Campo Dourado, Cidade Nova, Zona Norte, onde mais de 70 mil pessoas foram diretamente beneficiadas.

A Semmas vem realizando o mapeamento de outras áreas verdes da cidade e pelo menos 13 já tiveram estudos iniciados. O Projeto Espaço Verde na Comunidade é viabilizado por medida compensatória e é fruto do planejamento participativo com a comunidade.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505