29/02/2016 12h00 - Atualizado em 29/02/2016 12h00

Cristiano critica companheiros e dá a 1ª dor de cabeça para Zidane

Zidane conheceu no sábado sua primeira derrota como treinador.
Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Zinedine Zidane conheceu neste sábado sua primeira derrota como treinador – 1 a 0 no clássico contra o Atlético de Madri – e também ganhou sua primeira grande dor de cabeça: como gerir o vestiário do Real Madrid depois das explosivas declarações de Cristiano Ronaldo. Logo após a terceira derrota consecutiva para o rival da capital espanhola no Santiago Bernabéu, o craque do time se irritou com as críticas e descontou em seus colegas.

“Se todos tivessem meu nível, seríamos os primeiros. Todos os anos, segundo a imprensa, parece que estou na ‘m..,’, mas os números e as estatísticas não mentem”, afirmou o atacante português na zona mista. “Para ganhar uma competição, você precisa dos melhores. Infelizmente para nós, os melhores estão lesionados. É um fato, é a realidade, não estou menosprezando os que estão aqui”, continuou Cristiano, citando as contusões de Gareth Bale, Karim Benzema, Marcelo e Pepe.

“Se Messi, Suárez e Neymar estivessem sempre machucados, acho que o Barça não estaria onde está”, completou. Horas depois, Cristiano tentou se explicar. “Fui mal interpretado. Não estava dizendo que sou melhor que os demais. Eu me referia à parte física, às lesões, não ao de jogo. Eu não sou melhor que nenhum dos meus companheiros”, afirmou, horas depois do clássico, ao jornal As. A equipe catalã lidera a liga com 66 pontos, oito a mais que o Atlético e 12 a mais que o Real Madrid – que já foi eliminado da Copa do Rei e agora foca todas as suas forças na disputa da Liga dos Campeões.

As declarações de Cristiano levantaram discussões acaloradas na Espanha. Quase todos os torcedores consideram que Cristiano Ronaldo tem razão – de fato, o português vem cumprindo seu papel (é o vice-artilheiro da liga espanhola com 22 gols, três a menos que Luis Suárez) e o Real Madrid vem sofrendo com desfalques – mas muitos consideram que este tipo de crítica não deve ser feita em público. Nesta segunda-feira, o diário El Mundo informou que Cristiano se desculpou com os colegas por mensagens de celular.

A imprensa catalã, sempre partidária do Barcelona, se aproveitou. Nesta segunda-feira, o diário Sport estampou uma manchete com um trocadilho: ‘Que falta de respeito”, escreveu, relacionando o belíssimo gol de falta de Lionel Messi na vitória do Barcelona sobre o Sevilla, e as declarações de Cristiano. “Messi fala em campo”, completou o jornal, em mais uma das infinitas comparações entre os melhores do mundo.

O diário Mundo Deportivo ainda destacou uma foto postada pelo goleiro do Barcelona, Claudio Bravo, em que aparecem todos os atletas em clima de harmonia total no vestiário do Camp Nou. “Uma mensagem a CR7?” questiona o jornal. O lateral Jordi Alba ainda lançou uma provocação ao português ao final da partida. “Aqui no Barcelona ninguém se acha melhor que ninguém”.

Em Madri, o clima é de total decepção. Na derrota para o Atlético, a sempre exigente torcida vaiou James Rodrígues e Isco e insultou o presidente do clube Florentino Pérez. Diante deste ambiente, Zidane terá a missão de motivar seus atletas no primeiro grande teste de sua nova carreira. Segundo o diário Marca, o ex-craque francês deu uma mensagem clara aos jogadores depois da derrota para o Atlético. “Somos os únicos culpados, mas também os únicos que podem consertar isso. Está proibido se render, não podemos baixar os braços”, teria dito o treinador.

Ainda segundo o jornal, Zidane teria dito que “faltou correr mais, colocar a perna, entrar mais duro”, contra o sempre aguerrido time do técnico Diego Simeone. Curiosamente, há um ano, o Real entrou em crise em outra derrota para o rival da cidade, novamente com Cristiano como protagonista. Imagens dos atletas bastante descontraídos na festa de 30 anos de Cristiano, horas depois de uma derrota por 4 a 0 para o rival, enfureceram alguns torcedores e serviram de combustível para o rival Barcelona, que desde então ganhou tudo.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505