02/02/2016 10h25 - Atualizado em 2/02/2016 10h55

Dinheiro falso jogado em Melo foi impresso nas dependências da ALE-AM, denuncia David Almeida

Imagens das câmeras de segurança mostram servidor no gabinete de deputado do PT.
29_12

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSD), denunciou, da tribuna da Casa, que o episódio desta segunda-feira (1º) em que um rapaz jogou dinheiro falso no governador José Melo (PROS) foi planejado com a participação de servidores do deputado José Ricardo (PT), e que as notas falsas foram impressas no gabinete do deputado. “Uma farsa, tudo por causa de política. Uma farsa planejada dentro do poder legislativo”, disse ele da tribuna da Casa.

Segundo o parlamentar, as imagens do circuito de segurança da Casa mostram o rapaz chegando às 7h25 da manhã na Aleam. Ele se identifica na portaria e segue direto para o gabinete de José Ricardo. “Depois ele saiu de lá e desceu. Tentou se infiltrar na galeria para jogar os papéis no plenário e causar um fato ainda mais polêmico, mas não conseguiu porque a galeria já estava lotado. Depois tentou se aproximar do governador na passagem da tropa e não conseguiu. Depois conseguiu se aproximar do governador na hora da coletiva. As imagens mostram o servidor do deputado José Ricardo se aproximando do rapaz o dando o ok para ele jogar os papéis”, contou David.

As imagens mostram a conversa entre o servidor do deputado José Ricardo em dois ângulos diferentes durante a coletiva. O próprio servidor grava as imagens do momento em que o Hinaldo Castro jogou os papéis no governador.

Entenda o caso

Na segunda-feira, minutos antes da solenidade de abertura dos trabalhos legislativos, enquanto o governador José Melo falava com a imprensa, em uma entrevista coletiva, um homem identificado como Hinaldo de Castro Conceição, 20 anos, jogou cópias de notas de dinheiro em preto e branco e gritou: “Pega teu dinheiro comprador de voto”. O rapaz, foi detido por policiais militares que atuam na segurança da ALE. Após a detenção, a deputada Alessandra Campelo (PCdoB) tentou impedir que Hinaldo fosse encaminhado a delegacia. Para ela, atitude do rapaz foi um “manifesto e não uma agressão”. Hinaldo foi encaminhado para o 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) na companhia da deputada, e policiais militares da Casa.

Veja mais em:
Rapaz joga dinheiro falso no governador José Melo

*Mais informações em instantes

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505