12/02/2016 08h26 - Atualizado em 13/02/2016 14h06

Folha de S. Paulo afirma que houve pagamento de propina na construção da Arena da Amazônia

A obra foi iniciada na gestão do ex-governador e atual ministro de Minas e Energia Eduardo Braga.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Amazonas voltou a ser destaque na mídia nacional na noite da última quinta-feira (11), mas não foi por uma boa notícia. Segundo matéria da Folha de São Paulo, houve pagamento de propina na construção da Arena da Amazônia.

Segundo a reportagem, o ex-presidente da Andrade Gutierrez, Ótavio Marques de Azevedo, que havia sido preso na última quarta-feira (10), mesmo depois de ter fechado um acordo de delação premiada, foi solto na noite desta quinta-feira (11).

No acordo de delação premiada, assinado na Procuradoria-Geral da República, oito ex-executivos da empreiteira se comprometeram a revelar informações sobre pedidos de doações eleitorais para a campanha de 2014 da presidente Dilma Rousseff (PT).

Segundo a publicação, outro tema que foi fechado no acordo de delação é “o pagamento de uma série de propinas” nas obras de construção e reforma de estádios para a Copa do Mundo. Entre eles a Arena da Amazônia, que foi projetado na gestão do ex-governador do Amazonas e atual ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga.

Agora é esperar os próximos capítulos para saber quem autorizou e quem recebeu os pagamentos de propina.

Fonte: Redação AM Post

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505