02/02/2016 15h58 - Atualizado em 2/02/2016 15h58

Foragido do estado do Pará é preso em Manaus

O homem cumpria pena por estupro, mas fugiu após ser beneficiado com liberdade provisória.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), prendeu nesta terça-feira, dia 2, por volta das 9h, o foragido da Justiça Adair José Figueira da Silva, 44. O fato ocorreu na Rua B do bairro Santa Inês, zona Leste da capital.

De acordo o delegado titular da DECP, Antônio Rondon Jr., Adair foi preso em 1995 por estupro cometido naquele mesmo ano e cumpria pena em regime semiaberto em presídio no município de Santarém, no estado do Pará. No entanto, segundo a autoridade policial, o infrator teria sido beneficiado com a concessão de liberdade provisória e acabou fugindo para Manaus.

Rondon Jr. Disse que no ano de 2011 policiais civis de Santarém entraram em contato com os investigadores da Polinter em Manaus para informar que Adair teria se escondido na capital. Conforme o delegado, naquele mesmo ano, precisamente no dia 23 de fevereiro, o juiz de Direito da Vara de Registros Públicos e Precatórios, Everaldo da Silva Lira, expediu mandado de prisão em nome do indivíduo.

“As buscas por Adair foram iniciadas desde aquela época e em 2012 ele foi localizado. Porém, ao descobrir que estava sendo investigado, ele vendeu a casa que tinha na Rua Luís Montenegro, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste, e voltou a se esconder pela cidade”, explicou o delegado Antônio Rondon Jr.

Durante campana em frente à casa onde Adair estava atualmente, a equipe da DECP avistou o foragido da Justiça e o abordou. Na ocasião, foi solicitada a documentação dele e, após confirmarem a identidade do procurado, foi dada voz de prisão a ele. Na delegacia, ele confessou a autoria do estupro praticado em 1995 contra uma adolescente e argumentou que fugiu porque não queria mais voltar para a prisão.

“A Polinter está fazendo exatamente a atribuição da unidade policial, que é localizar foragidos da Justiça de outros estados aqui no Amazonas, bem como procurar foragidos da capital em outras cidades. Em breve, outra ação da Polinter será deflagrada em uma cidade da federação”, argumentou o titular da DECP.

Após os procedimentos legais na sede da especializada, Adair será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, permanecendo no local à disposição da Justiça, aguardando se irá ser transferido para Santarém, onde deverá terminar de cumprir pena.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505