26/02/2016 12h41 - Atualizado em 26/02/2016 12h41

Fórum de Autazes será inaugurado na próxima segunda-feira (29)

O local conta com estrutura de duas varas, tribunal do júri, salas da OAB, MP e Defensoria.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargadora Graça Figueiredo, inaugura na próxima segunda-feira, dia 29, às 11h, o Fórum Dr. Aristófanes Bezerra de Castro, no município de Autazes, localizado a 110 quilômetros de Manaus. O prédio foi erguido no tempo recorde de sete meses e finalizou sua construção em 28 de janeiro.

“Esta obra representa o cumprimento do compromisso assumido com os habitantes de Autazes e com a justiça do estado do Amazonas. A parir de agora, o jurisdicionado que for buscar justiça naquela Comarca, será atendido em um lugar digno, que oferece condições de trabalho aos magistrados e servidores do Judiciário no interior”, disse a presidente ao anunciar a conclusão da obra.

Durante anos, o fórum de Autazes funcionou em instalações cedidas pela prefeitura, que não ofereciam condições de trabalho aos magistrados e funcionários da justiça. Ao assumir a presidência, em julho de 2014, Graça Figueiredo garantiu que iria construir novos fóruns e reformar os que estavam em condições precárias ou sofriam com as alações durantes a enchente dos rios.

Com 630m² de área construída, a obra no novo Fórum Dr. Aristófanes Bezerra de Castro, em Autazes, foi concluída em apenas sete meses. O local, além de estacionamento, tem em sua estrutura de duas varas, tribunal do júri, salas da OAB, Ministério Público e Defensoria, assim como arquivo e sala de CPD.

Com custo total de R$ 1.214.149,09 – verba oriunda do Fundo de Aparelhamento do Judiciário –, sem valores adicionais, a construção foi realizada pela IF Construtora.

A pedra fundamental do fórum de Autazes foi lançada no dia 23 de abril de 2015. Naquela ocasião, a presidente fez questão de ir ao município para participar da solenidade ao lado do prefeito José Thomé e do juiz da comarca, Glen Hudson Paulain. Foram mais de 11 horas de viagem, pela estrada, além da travessia de duas balsas.

Na ocasião do lançamento da pedra fundamental, a desembargadora deu um conselho à empresa responsável pela obra:

“Que os senhores procurem cumprir as metas traçadas no edital de licitação para que o fórum seja construído de forma correta, em tempo hábil e sem problemas em sua estrutura. A população de Autazes precisa saber que a Justiça sempre terá um braço estendido para os mais humildes”.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505