05/02/2016 13h52 - Atualizado em 5/02/2016 13h54

Homem investigado pela morte de sargento da aeronáutica é preso em Manaus

O criminoso foi apresentado à imprensa na manhã desta sexta-feira (5).
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

Policiais civis lotados na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prenderam na manhã da última quarta-feira, dia 3, Tiago de Sena Campos, 28, em cumprimento a mandado de prisão por envolvimento com o tráfico de drogas e posse ilegal de munição de arma de fogo. O fato ocorreu por volta das 7h, na Rua Tupinambá, bairro São Jorge, zona Oeste da capital.

De acordo com o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, Tiago foi encontrado dentro da casa onde morava e não ofereceu resistência. “O infrator estava foragido do regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) desde 2015, onde cumpria pena por tráfico de drogas e posse ilegal de munição de arma de fogo. Nossa equipe já o investigava por um homicídio e assim que soubemos o paradeiro dele planejamos a prisão”, explicou.

Conforme a autoridade policial, Tiago é investigado por envolvimento na morte do sargento aposentado da Aeronáutica Sebastião Campos de Lima, ocorrida no dia 23 de janeiro deste ano, por volta de meio-dia, na casa da vítima, localizada na Rua Arthur Virgílio, bairro São Jorge, zona Oeste de Manaus. Sebastião tinha 52 anos quando o crime aconteceu.

Na época do delito, Tiago, que morava perto da casa da vítima, mantinha um relacionamento amoroso com Sebastião. O infrator alegou ter entrado na casa do aposentado, pois havia escutado gemidos vindos de dentro do quarto do homem e visto sangue por baixo da porta. Em seguida, o rapaz teria voltado para casa e informado à mãe dele sobre o que tinha visto e ela avisou os familiares da vítima sobre o crime.

Ivo Martins informou que não há mais dúvidas de que Tiago foi o autor do homicídio envolvendo o sargento aposentado da Aeronáutica. “Estou convicto de que Tiago matou a vítima, uma vez que em todos os depoimentos o rapaz se contradiz em muitos aspectos, como o fato de afirmar que ouviu gemidos de dentro do quarto, sendo que o corpo foi encontrado no corredor da casa da vítima. Além disso, a própria mãe de Tiago informou que ele estava sujo de sangue quando relatou o fato a ela”, argumentou o titular da DEHS.

Tiago foi preso em cumprimento a mandado de prisão expedido no dia 22 de julho de 2015, pelo juiz da Vara de Execuções Penais (VEP), Luís Carlos Honório de Valois Coelho. Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJ-AM) foi constatado que ele já responde a processo por tentativa de homicídio. Dessa vez ele será indiciado por homicídio qualificado.

Após os procedimentos legais, o infrator será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505