23/02/2016 11h20 - Atualizado em 23/02/2016 11h20

Mais de 900 trabalhadores atuam na limpeza da cidade

O mutirão de limpeza está presente em vários bairros da capital.
Foto: Márcio James/Semcom
Foto: Márcio James/Semcom

Mais de 900 trabalhadores da Prefeitura de Manaus estão nas ruas da cidade realizando serviços de limpeza pública, nesta terça-feira, 23. Jardinagem, capinação, varrição, limpeza de igarapés, conscientização ambiental, corte e poda são alguns dos trabalhos realizados.

O mutirão de limpeza avança pelo bairro Lírio do Vale (zona Oeste) e já alcança o Conjunto Augusto Montenegro. Ao todo, 120 trabalhadores atuam na capinação, varrição, jardinagem, coleta e remoção mecanizada de entulhos no local.

“O mutirão tem a missão de ajudar os bairros a descartar corretamente resíduos pesados, como entulho, resto de eletrodomésticos e produtos que o coletor domiciliar não pode carregar. Acima de tudo, é um ganho sanitário para a população que, hoje, luta contra a proliferação do mosquito Aedes Aegypti”, explicou o secretário Municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias.

O Conjunto Augusto Montenegro tem mais de 4 mil moradores e o mutirão de limpeza deve se estender por toda a semana. Desde o começo deste ano, os mutirões já passaram pelo conjunto Renato Souza Pinto I, Renato Souza Pinto II, comunidade da “Baixada Fluminense” e Campo Dourado, todos na Cidade Nova (zona Norte) e pela Praça 14 (zona Sul) e Lírio do Vale I (zona Oeste).

Outras ações de limpeza
A Semulsp comanda outras ações de capinação, nesta terça-feira, 23, na Avenida do Turismo (zona Oeste), região da Manaus Moderna (zona Sul), e cemitérios Nossa Senhora Aparecida (Avenida do Turismo, zona Oeste) e cemitério São Francisco, no Morro da Liberdade (zona Sul), mobilizando 142 garis.

Nos igarapés, 50 trabalhadores da prefeitura atuam em três frentes: Manaus Moderna, Igarapé do Crespo (rua Magalhães Barata) e Comunidade Baixada da Alegria (bairro São José – zona Leste).

Para o trabalho de jardinagem, 90 servidores se dividem em equipes para atender o bairro Amazonino Mendes (zona Norte), Avenida das Torres, Passeio do Mindú e bairro Nossa Senhora das Graças (zona Centro-Sul).

Varrição
O trabalho de varrição, considerado como um dos mais importantes da limpeza pública, concentra a maioria do contingente da Semulsp. Aproximadamente 500 funcionários estão espalhados pelas ruas do Centro da cidade e Japiim (zona Sul), rotatória da rua Monsenhor Pinto, no Monte das Oliveiras (zona Norte), Manaus Moderna e Ponta Negra (zona Oeste).

“O serviço de varrição é necessário porque retira do chão o lixo que poderia ser arrastado aos córregos e igarapés da cidade, por uma chuva ou ventos”, explicou Paulo Farias, ressaltando a importância de não se jogar o lixo no chão. “Os resíduos jogados pela população nas ruas ou sarjetas também entopem bueiros, podendo causar alagamentos”.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505