08/02/2016 13h55 - Atualizado em 8/02/2016 13h57

Morto em janeiro, melhor chef do mundo pode ter sido vítima de golpe milionário

O franco-suíço Benoît Violier teria perdido entre 3 milhões e 8 milhões de reais em um esquema fraudulento.
Foto: THOMAS SAMSON/
Foto: THOMAS SAMSON/

O chef franco-suíço Benoît Violier, morto no dia 31 de janeiro, pode ter sido vítima de um esquema fraudulento de vinhos, reportou a imprensa suíça nesta segunda-feira. Considerado o melhor chef do mundo, Violier foi encontrado morto em seu apartamento com uma arma de fogo, e a polícia suspeita de suicídio.

A revista suíça Bilan diz que o dono do badalado restaurante l’Hôtel de Ville, na cidade suíça de Crissier, teria perdido entre 800.000 e 2 milhões de francos suíços (entre 3,1 milhões e 8 milhões de reais) no golpe orquestrado por uma empresa suíça que, segundo a publicação, vendia a mesma garrafa de vinho duas a quatro vezes. De acordo com a revista, uma mesma garrafa de vinho, que chega a custar 40.000 francos suíços (160.000 reais), era vendida a diversos clientes, e o golpe teria rendido à empresa um lucro equivalente a 40 milhões de reais.

Uma das fontes anônimas citadas pela revista, entre elas um renomado chef alemão, disse que “não há dúvida” de que Benoît Violier comprou algumas garrafas de vinho daquela empresa, cujo dono foi solto da prisão no dia 14 de janeiro e conhecido de Violier – ele comemorou o aniversário de 40 anos no restaurante l’Hôtel de Ville, festa que custou o equivalente a 2 milhões de reais.

Um membro da diretoria do restaurante negou que o chef tenha caído no golpe. “Todas as insinuações de que o restaurante ou a família de Violier estavam envolvidas nisso tudo não passam de um monte de mentiras”, disse.

O advogado do sócio da empresa e o promotor público que trabalhou no caso da fraude afirmaram que o nome de Violier não apareceu em nenhum momento durante a investigação do esquema, reportou o jornal britânico The Guardian.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505