08/02/2016 16h34 - Atualizado em 8/02/2016 16h34

Mulher é presa com mais de 30 quilos de drogas em Manaus

Segundo a PC, ela é membro da facção criminosa PCC e responsável por distribuir drogas em Manaus.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

A equipe de investigação do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) prendeu em flagrante no último domingo, dia 7, por volta das 17h, Bárbara Bastos Galdino, 29, conhecida como “Loira”, no momento em que ela transportava 17 quilos de drogas, entre cocaína e oxi, pela Avenida Itaúba, bairro Jorge Teixeira, zona Leste.

De acordo com o diretor do Denarc, delegado Samir Freire, ao todo foram apreendidos com a mulher 30 quilos de entorpecentes. A mercadoria ilícita está avaliada em, aproximadamente, R$ 400 mil. “Bárbara estava sendo investigada há quatro meses por integrar uma organização criminosa que atua na cidade”, disse.

Ao longo de coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, dia 8, no prédio da Delegacia Geral, na zona Centro-Oeste da capital, o diretor do Denarc argumentou que a ação policial que resultou na prisão de Bárbara foi denominada operação “Carnaval Seguro” e ocorreu em atendimento à exigência feita pelo secretário de Estado de Segurança Pública, delegado federal Sérgio Fontes.

“O secretário determinou que intensificássemos as diligências nas zonas Norte e Leste de Manaus. Por conta disso deflagramos a operação e conseguimos prender a infratora em flagrante na Avenida Itaúba, no momento em que ela conduzia um veículo modelo Uno Vivace”, explicou.

Após a abordagem, quando foram apreendidos 17 quilos de entorpecentes, a equipe policial seguiu até a Rua Marcassita, no bairro Cidade de Deus, zona Norte, onde Bárbara era responsável pelo funcionamento de um ponto de venda de entorpecentes. Na ocasião foram encontrados mais 13 quilos de cocaína e oxi. “A infratora era encarregada pela distribuição de drogas nessas duas zonas da cidade”, argumentou Samir.

Bárbara foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e ao término dos procedimentos legais na unidade policial ela será encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505