23/03/2016 23h39 - Atualizado em 23/03/2016 23h39

Armadilha Bisol foi colocada em prática

O site ‘O antagonista’ já tinha falado sobre o golpe em 2015.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em 1993, o relator da CPI das Empreiteiras, José Paulo Bisol, ex-vice de Lula em 1989, também divulgou uma lista com mais de 200 supostos corruptos para salvar a Odebrecht.

Não é coincidência. Assim que Marcelo Odebrecht foi preso, a Operação Lava-Jato encontrou uma mensagem em seu celular. A mensagem dizia: “Armadilha Bisol/contra-infos. RA? EA/Veja?”. O blog O Antagonista publicou um post na época contando a história do que era e como funcionaria a Armadilha Bisol.

Hoje, claramente, a Armadilha Bisol foi posta em prática.

CONFIRA O POST DO ANTAGONISTA DO DIA 21 DE JULHO DE 2015.

Essa mensagem de Marcelo Odebrecht que a PF encontrou em seu telefone celular tem uma história que precisa ser revista.

Em 1993, a PF apreendeu 18 caixas de documentos na casa de um diretor da Odebrecht.

Segundo os investigadores, os documentos indicavam “a existência de um cartel das grandes empreiteiras para fraudar as licitações de obras públicas”. Os documentos indicavam também que a Odebrecht havia distribuído propina a dezenas de parlamentares.

José Paulo Bisol, relator da CPI das Empreiteiras e candidato a vice-presidente na chapa de Lula em 1989, passou à Veja uma lista com mais de 200 políticos que, segundo os documentos da Odebrecht, teriam recebido presentes.

Tratava-se de uma armadilha: a armadilha Bisol.

Na realidade, muitos dos parlamentares citados haviam recebido apenas brindes da empreiteira, como calendários e agendas. Quando José Paulo Bisol misturou os corruptos aos inocentes, os corruptos foram inocentados.

A CPI das Empreiteiras, desmoralizada, foi arquivada. E a Odebrecht continuou com seu cartel e com seus pagamentos aos políticos.

Para ver o post no blog O Antagonista, CLIQUE AQUI.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505