21/03/2016 09h05 - Atualizado em 21/03/2016 09h05

Dilma deveria renunciar, avalia The Guardian

O The Guardian é considerado o principal jornal inclinado à esquerda no Reino Unido.
Foto: Mario Tama/Getty Images
Foto: Mario Tama/Getty Images

O jornal britânico The Guardian afirmou que, se a presidente Dilma Rousseff não conseguir superar a crise no Brasil, ela deveria convocar novas eleições ou renunciar. Em editorial publicado na edição deste domingo, dia 20, o jornal diz que “uma das preocupações óbvias é que esses protestos, se não controlados, podem resultar em violência generalizada com risco de intervenção militar”.

O editorial afirma que a democracia brasileira é “jovem e as raízes podem não ser robustas o suficiente para enfrentar um quadro de completo fracasso político e emergência econômica”.

O texto diz que o Brasil é o mais novo exemplo da reversão da “guinada à esquerda” na América Latina. Afirma que o governo da Venezuela, por exemplo, está “de joelhos”. “Como o Brasil mostra, líderes da esquerda cometeram muitos erros. Mas não é a ideologia que é rejeitada – é a sua incompetência e ilegalidade.”

Diferentemente de outras publicações europeias, como The Economist e Financial Times, que têm linha editorial tida como mais conservadora e inclinada à direita, o The Guardian é considerado o principal jornal inclinado à esquerda no Reino Unido.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505