09/03/2016 11h17 - Atualizado em 9/03/2016 11h17

Em delação, Delcídio cita Renan Calheiros e Aécio Neves

A Lava Jato vai analisar se os fatos atribuídos têm indícios mínimos que justifiquem pedido de abertura de inquérito.
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Em delação premiada aos investigadores da Operação Lava Jato, ainda não homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) fez referências a colegas do Senado, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

Na última quinta-feira, o depoimento bombástico do ex-líder do governo veio à tona e implicou diretamente a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula. De acordo com pessoas próximas à investigação, Delcídio citou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), Edison Lobão (PMDB-BA), Romero Jucá (PMDB-RR), Valdir Raupp (PMDB-RO) e Aécio Neves (PSDB-MG). Não há informações, contudo, sobre o envolvimento deles.

A menção de Delcídio não indica que os citados, de fato, cometeram crimes ou que serão investigados. Agora, a força-tarefa da Lava Jato vai analisar se os fatos atribuídos aos senadores têm indícios mínimos que justifiquem um pedido de abertura de inquérito.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505