16/03/2016 13h39 - Atualizado em 16/03/2016 13h39

Em Iranduba, programa vai capacitar alunos em desenvolvimento de software

Com 160 vagas oferecidas no município, os cursos deverão ser realizados no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Izabel Desterro e Silva.
Foto: Valdo Leão (Secom)
Foto: Valdo Leão (Secom)

Depois de capacitar mais de 175 estudantes da rede pública em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), o Governo do Amazonas vai levar o Programa para a Formação de Desenvolvedores de Softwares para o município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus) ainda no primeiro semestre de 2016. Por meio da iniciativa, os jovens aprenderão a desenvolver aplicativos e programas para celulares, tablets e computadores.

Com 160 vagas oferecidas no município, os cursos deverão ser realizados no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Izabel Desterro e Silva, localizado na rodovia Carlos Braga. Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), o edital de seleção específica para Iranduba, com todas as informações destinadas aos que desejam pleitear as vagas deve ser lançado nas próximas semanas.

Inicialmente beneficiando alunos de Manacapuru e Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), o programa deve chegar a 14 municípios nos próximos anos. De acordo com o governador José Melo, a iniciativa entrará em operação em cinco cidades este ano, entre elas Coari e Tefé. A meta do governo é criar escritórios de desenvolvimento de softwares no interior, gerando novos negócios.

“Você dá a esses alunos o conteúdo da modernidade, o que a informática pode dar, e eles podem entrar nesse novo mercado de trabalho. Fizemos isso em Itacoatiara e agora vamos entrar em mais cinco cidades. Coari, Tefé e municípios polos para que nossas crianças também tenham oportunidade”, disse Melo.

Parceria – Executado pela Seduc, o Programa para a Formação de Desenvolvedores de Softwares é realizado em parceria com a Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) e a empresa de referência na área de tecnologia de informática e comunicações (Envision).

Lançada em 2014, a capacitação é direcionada a estudantes do 9º ano do ensino fundamental, médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), sendo pré-requisito para a participação que o aluno interessado tenha conhecimentos básicos de informática e resida nos municípios de aplicação do projeto (seja em zona rural ou urbana).

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505