08/03/2016 19h54 - Atualizado em 8/03/2016 19h54

Em mensagem interna, comandante do Exército mostra preocupação com a crise e promete agir

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

SÃO PAULO – Preocupado com “a evolução da crise política judicial”, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas afirmou, em mensagem interna aos oficiais da reserva, que a instituição acompanha com muita atenção o atual processo e terá posição “pacificadora em busca da conservação da ordem pública”. A mensagem, expedida na última sexta-feira, foi obtida pelo jornal Valor Econômico e aponta para o risco de enfrentamento entre grupos pró e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff neste fim de semana.

“A manutenção da paz social e o esforço para evitar-se a desagregação do Estado devem ser objetivos de toda a sociedade brasileira. É mister que os atores envolvidos se posicionem de forma serena, independentemente do viés ideológico”, complementou o general em nota.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505