15/03/2016 16h18 - Atualizado em 17/03/2016 19h01

Maioria da Bancada do AM é contra impeachment de Dilma

Seis dos onze parlamentares se manifestaram contrários, três à favor, e dois indecisos.
Arte: Gusmão Silva
Arte: Gusmão Silva

O Mapa do Impeachment mostrou, até a manhã desta terça-feira (15), que quatro parlamentares da bancada do Amazonas no Congresso já se manifestaram publicamente contra o processo de Impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Outros quatro aparecem como indecisos, mas dois deles, em entrevista a um jornal local, já se manifestaram contra o impedimento da presidente, totalizando seis dos onze parlamentares da bancada.

Apenas três já se manifestaram a favor do afastamento da presidente, segundo informações do Mapa do Impeachment (mapa.vemprarua.net). O Mapa foi criado por membros do Movimento Vem pra Rua (VPR) para monitorar o que pensam os parlamentares do Congresso, e como votariam caso o impeachment fosse votado hoje. O posicionamento no site é baseado nas manifestações públicas dos parlamentares, na tribuna do Parlamento, Redes Sociais, ou em matérias jornalísticas.

Os parlamentares que se manifestaram publicamente contra o impeachment foram a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), e os deputados federais Alfredo Nascimento (PR), Marcos Rotta (PMDB), e Silas Câmara (PSD).

Da Tribuna do Senado, no dia 3 de dezembro, a senadora Vanessa chamou o processo de impeachment de “mais um golpe” contra a presidente, e criticou quem defende o impedimento de Dilma sob o argumento de que se trata de uma manobra política, segundo informações publicadas pela Agência Senado.

Indecisos?

Aparecem na lista dos que estão indecisos os senadores Omar Aziz (PSD) e Sandra Braga (PMDB), e os deputados federais Atila Lins (PSD) e Conceição Sampaio (PP). Mas em matéria publicada por um jornal de grande circulação em Manaus, os deputados federais Conceição e Átila informaram que são contra o impeachment da presidente por acreditar que não há elementos que comprovem o envolvimento de Dilma em crimes que possam levar à “cassação” dela.

A favor

Se manifestaram à favor do impeachment os deputados federais Arthur Bisneto (PSDB), Hissa Abrahão (PPS), e Pauderney Avelino (DEM).

Impeachment hoje

O processo de impeachment da presidente está tramitando no Congresso Nacional desde o ano passado, e visa afastar ou cassar o mandato da presidente Dilma Rousseff. O processo vinha caminhando a passos lentos, mas ganhou força após o agravamento da crise, e oscilações na economia que revelaram que os rumores da cassação de Dilma afetaram positivamente a cota do euro e dólar. As manifestações do último domingo (13) que reuniu milhares de pessoas em mais de 300 cidades brasileiras também aceleraram o processo.

Na última segunda-feira (14), após se reunir com a presidente Dilma Rousseff e ministros da coordenação política, o líder do governo no Congresso Nacional, senador José Pimentel (PT-CE), disse que a petista pediu que seus auxiliares busquem dialogar com integrantes da base e da oposição no Congresso para tentar conter o processo de impeachment.

Redação AM POST

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505