16/03/2016 19h43 - Atualizado em 16/03/2016 19h47

No Senado, Vanessa defende Lula na Casa Civil

Da tribuna, senadora nega que posse de Lula seja golpe para se livrar das investigações.
Foto: Agência Senado
Foto: Agência Senado

Em discurso da tribuna do Senado, nesta quarta-feira (16), a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), saiu em defesa do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), e negou que a posse de Lula no cargo de ministro Chefe da Casa Civil tenha sido um golpe para se livrar das investigações da Operação Lava Jato.

“Em relação a fugir, o presidente Lula não precisa disso, não sou eu a julgar, nem para absolver nem tão pouco para condenar. Estamos em um momento em que estão condenando previamente o presidente Lula, e porquê? Porque ele diz que não é o dono de um triplex que ele diz não ser dono e não tem nada que prove que ele é o dono. Agora todo dia se fala em triplex, sítio, triplex, sítio, que parece que é verdade. Aliás tem a velha máxima de que uma mentira dita cem vezes vira verdade. Então vamos tomar cuidado. Ninguém pode ser absolvido antecipadamente, e muito menos condenado antecipadamente” disse a senadora durante o seu discurso.

A posse de Lula foi informada através de nota a imprensa na tarde desta quarta-feira, três dias depois que promotores do Paraná pediram a prisão preventiva do ex-presidente, e já foi publicada no Diário Oficial da União, em uma edição extra. A medida foi vista como uma manobra para livrar Lula das investigações.

Como ministro, Lula passa a dispor de foro privilegiado, e só poderá ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Com isso, ele se livra do juiz federal Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, e as investigações sobre ele passarão a ser de responsabilidade do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e o caso passará a ser do ministro do Supremo, Teori Zavascki.

Diante da manobra, o juiz Sérgio Moro, retirou o sigilo das investigações em torno de Lula, inclusive escutas que revelam uma conversa entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e Lula combinando sua nomeação ao cargo de ministro.

Veja o vídeo:

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505