23/03/2016 14h10 - Atualizado em 23/03/2016 14h10

PL pode garantir exame para detectar Síndrome de Down em recém-nascidos

A estimativa é de que ocorra um caso de cada 650 a 1000 nascidos vivos.
Foto: Movimento Down
Foto: Movimento Down

A vereadora Professora Jacqueline (PHS) apresentou, nesta quarta-feira (23), um projeto de lei que dispõe sobre a garantia da realização do exame de cariótipo em todos os recém-nascidos, que apresentarem sinais indicativos da Síndrome de Down, nos hospitais e maternidades particulares do município de Manaus.

De acordo com o projeto, entende-se, por exame de cariótipo, o exame que visa analisar a quantidade e a estrutura dos cromossomos em uma célula. A Síndrome de Down é uma doença genética causada pela ocorrência de três cromossomos 21, mais conhecido como trissomia do 21. A estimativa é de que ocorra um caso de cada 650 a 1000 nascidos vivos. Oitenta e cinco por cento dos casos ocorrem em mães com menos de 35 anos.

Na tribuna, a vereadora disse que o exame é essencial para avaliar as condições da criança e, se detectada a síndrome, já poderá encaminhar o recém-nascido para o tratamento adequado o mais rápido possível. Ela lembrou ainda que o Dia Internacional da Síndrome de Down aconteceu na última segunda-feira (21).

No projeto consta que uma pesquisa feita pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) revelou que metade do diagnóstico para a Síndrome de Down logo após o nascimento é clínico e que as informações sobre o que foi identificado no exame físico são incompletas. A pesquisa foi conduzida pela estudante do oitavo período do curso de medicina da Universidade do Estado do Amazonas, Gabriela Bentes de Sousa.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505