23/03/2016 19h27 - Atualizado em 25/03/2016 12h03

Prefeito Arthur Neto esclarece doações de campanha de 2010

Segundo o prefeito, doações são regulares e foram informadas ao TRE-AM.
Foto: Semcom/Divulgação
Foto: Semcom/Divulgação

Em Nota enviada à imprensa no final da tarde de desta quarta-feira (23) o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) afirma que as doações que foram feitas a sua campanha estavam dentro da legalidade, e foram informadas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). A nota é uma resposta ao fato do nome dele aparecer na lista dos que receberam recursos da Odebrecht, empresa que está sendo alvo de investigação da Operação Lava Jato.

A questão não explicada durante a divulgação da lista pela imprensa nacional é a de que todas as doações feitas pela Odebrecht estão sendo investigadas, mas não significa que os recursos doados são de pagamentos de ‘propina’.

Leia a nota na íntegra:

As doações mencionadas em um documento divulgado são da campanha eleitoral do então candidato ao Senado Arthur Virgílio Neto. Elas foram realizadas pela empresa Leyroz de Caxias Indústria Comércio & Logística LTDA.

As doações ocorreram na forma legal da Lei e são documentos que estão disponíveis para consulta pública no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

A empresa Leyroz de Caxias Indústria Comércio & Logística LTDA., 06.958.578/0001-31, efetuou um depósito na conta de campanha do senador Arthur Neto (Banco do Brasil – Agência 3378-2 – Conta 21049-8 CNPJ: CNPJ 12.172.261/0001-78) no valor de R$ 80.000,00. O recibo eleitoral emitido para doação foi o de Nº 45000204526.

A prestação de contas de campanha de 2010 foram julgadas e aprovadas sem ressalvas pela Justiça Eleitoral. Vale ressaltar que não existe nenhuma obra da Odebrecht em Manaus.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505