01/03/2016 15h06 - Atualizado em 1/03/2016 15h08

Prefeito em exercício recebe delegação do Equador

O assunto discutido foi o interesse em firmar parceria com indústrias do Amazonas.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O prefeito em exercício de Manaus, vereador Wilker Barreto (PHS), recebeu, na manhã desta terça-feira (1º), no Palácio Rio Branco, o ministro de Comércio Exterior do Equador, Diego Aulestia, e delegação, que está em Manaus para divulgar às empresas do setor industrial do Estado a rota de hidrovia, que vai desde a Amazônia do Equador até o porto da capital amazonense.

“Nós estamos aqui, a pedido do prefeito, recebendo o Ministro do Equador , que procura interagir não só na questão de alternativas de escoamento via hidrovias, mas também a intensificação do turismo e do comércio de matriz de insumos. Obviamente, que isso interessa à Prefeitura de Manaus, interessa ao governo do Estado, e esperamos que o Governo Federal tenha a mesma sensibilidade.

Como há uma grande sintonia entre a prefeitura e o governo do Amazonas, nós estamos de braços abertos para que possamos sonhar com uma alternativa para o Polo Industrial de Manaus, reduzir seus custos e com isso aumentar sua produtividade”, afirmou o prefeito em exercício após o encontro.

A intenção do ministro equatoriano é apresentar ao Polo Industrial de Manaus a rota de hidrovia que vai do Porto de Manta, no Equador, até o Porto de Manaus, como uma alternativa viável para a economia dos dois países, e, principalmente, para a cidade de Manaus e o Estado do Amazonas.

“Permitiria que a indústria de Manaus e os consumidores do estado do Amazonas podem se abastecer e consumir produtos equatorianos, como, por exemplo, produtos alimentícios e produtos industrializados. E, por outra parte, nós queremos que a indústria equatoriana possa comprar também os produtos que são produzidos no Amazonas. É uma via que pode perfeitamente abastecer o Estado de forma muito competitiva e em condições bastante favoráveis tanto em relação a preço quanto à duração de transporte”, assegurou o ministro.

A delegação equatoriana é formada por empresários, economistas e secretários de governo, bem como o embaixador do Equador no Brasil, Horacio Sevilla Borja. Eles, ainda, participam da 2ª Rodada de Negócios Equador e Brasil promovido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505