26/04/2016 10h47 - Atualizado em 26/04/2016 10h47

Comissão do impeachment formaliza Raimundo Lira na presidência

O PMDB tem a maior bancada e bloco da Casa.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A comissão especial do impeachment do Senado se reúne pela primeira vez nesta terça-feira. A sessão de hoje marca o início da contagem de prazo para o julgamento do eventual afastamento da presidente Dilma. Logo no início da reunião, conforme já havia sido acertado com as lideranças da Casa, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) foi eleito presidente do colegiado. O PMDB tem a maior bancada e bloco da Casa e tinha o direito de indicar o presidente ou o relator do grupo.

A comissão terá até dez dias para elaborar e julgar um parecer sobre a admissibilidade do pedido de impeachment, levando em conta os dois pontos que embasam a acusação contra Dilma por crime de responsabilidade: a prática de pedaladas fiscais no Plano Safra e a liberação de crédito suplementar sem aval do Congresso. Independentemente do parecer, o caso será levado ao plenário, a quem cabe, se confirmada a admissibilidade, determinar o afastamento da presidente Dilma por até 180 dias. A votação do processo deve ocorrer no dia 12 de maio.

Fonte: Veja.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505