08/04/2016 17h23 - Atualizado em 8/04/2016 17h23

Consultórios odontológicos da zona Leste passam por fiscalização

Os estabelecimentos sem licença sanitária e com outras irregularidades têm prazo de até três dias úteis para apresentar defesa.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Orientar os proprietários de consultórios odontológicos a adotar práticas seguras de vigilância sanitária para garantir a saúde dos pacientes. Este foi o objetivo da ação realizada por equipes do Departamento de Vigilância Sanitária (Visa Manaus), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em estabelecimentos localizados na avenida Autaz Mirim, zona Leste, na manhã desta sexta-feira, 8. Dos cinco locais visitados, nenhum deles possuía licença sanitária, sendo que um deles apresentou protocolo para obtenção do documento.

“A ação de hoje foi educativa, com orientação. O monitoramento dos estabelecimentos comercias faz parte das rotinas do Visa Manaus e, nesse caso específico, observamos o processo de esterilização dos materiais utilizados em cada paciente”, disse a gerente de Vigilância e Serviços, Hingrid Correa. Segundo ela, os consultórios visitados deixaram a desejar quanto à higiene, documentação e fluxo adequado na esterilização dos materiais.

Os estabelecimentos sem licença sanitária e com outras irregularidades quanto à higienização e equipamentos em mau estado de conservação, por exemplo, têm prazo de até três dias úteis para apresentar defesa, antecedendo a abertura de processo administrativo. “Mas se houver risco iminente, o local é interditado de imediato”, explicou Hingrid Correa.

O cirurgião-dentista responsável por um dos estabelecimentos com inadequações, Oséias Alves, concordou com a ação. “Temos que atender às normas para prestar um bom trabalho à sociedade. Isso é fundamental e espero que possamos nos adequar dentro da menor tempo possível”, informou.

Ainda segundo Hingrid Correa a população pode e deve fazer denúncias ao Visa Manaus, pelo telefone 0800 092 0123, quando suspeitar de qualquer situação inadequada. “Irregularidades quanto à higiene do espaço, se a licença sanitária não tiver afixada em local visível e se o material utilizado não estiver embalado e esterilizado, por exemplo”, informou a gerente.

Recomendações à população

A licença sanitária é obrigatória para consultório e clínicas odontológicas. Para estar dentro das normas, esses espaços precisam ser limpos, iluminados e com boa ventilação. Para cada atendimento deve ser usado um conjunto de instrumentos, que devem estar embalados (ou em caixa de metal), sendo abertos diante do paciente.

O profissional que realiza o atendimento em consultórios odontológicos, o cirurgião-dentista, precisa, necessariamente, estar registrado no Conselho Regional de Odontologia. Dentre as medidas de rotina, esse profissional deve usar uniforme de proteção, sem adereços, ter unhas cortadas, mãos limpas e usar luvas, entre outras recomendações básicas que visam evitar riscos de contaminação do paciente.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505