07/04/2016 17h19 - Atualizado em 7/04/2016 17h19

Para evitar redução de salários na Aleam, deputado propõe redução de 30% do cotão

Segundo o deputado, a economia seria de R$ 2,2 milhões por ano.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado José Ricardo Wendling (PT) voltou a apresentar propostas de redução de custos da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) para conter a crise econômica interna, ao invés de cortar parte dos salários dos servidores. Ele está propondo à Mesa Diretora da Casa redução de 30% da verba indenizatória, conhecida como “cotão”, que são os recursos recebidos pelos 24 parlamentares para custear as despesas com atividades do mandato, que resultaria numa economia de R$ 2,2 milhões por ano, e a redução ou até fim da “Bolsa Universidade da Aleam”, que geraria um montante de R$ 2,3 milhões por ano.

Desde que assumiu o mandato de deputado, o petista não utiliza a “Bolsa Universidade” (benefício que disponibiliza aos parlamentares R$ 8 mil mensais para pagamento de graduações a seus assessores, valor que totaliza R$ 2,3 milhões por ano).

“Antes de cogitar a redução de salários de servidores devem ser consideradas todas as outras alternativas para lidar com essa crise econômica. Ninguém defende medidas extremas como esta. E se for pra reduzir salários, tem que ser de todos, inclusive dos deputados”, expôs o parlamentar, que observou que, em reunião na presidência foi levantado até mesmo a possibilidade de remanejar recursos do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), já que o órgão é auxiliar do Poder Legislativo. A Aleam vem reduzindo a hora de trabalho para minimizar os gastos com energia elétrica desde 2015.

José Ricardo ponderou ainda, que o atual momento econômico do Brasil requer cooperação de todos os órgãos do poder público, ações que causem reais impactos na economia. Assim como fez a presidenta da República Dilma Rousseff, que deu exemplo reduzindo o próprio salário em 10%, do vice-presidente e dos demais ministros.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505