28/04/2016 06h44 - Atualizado em 28/04/2016 06h44

Prefeito entrega ludoteca do Creas Centro-Sul

O espaço é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Manaus com o Laboratório Sabin.
Foto: Mário Oliveira
Foto: Mário Oliveira

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Centro-Sul, na rua Leonardo Malcher, no Centro, ganhou na quarta-feira, 27, uma ludoteca. O espaço, que é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Manaus com o Laboratório Sabin foi inaugurado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e tem como finalidade auxiliar crianças e adolescentes vitimizados pela violência.

O prefeito destacou que Manaus tem um número muito elevado de crianças e adolescentes com os direitos violados. De acordo com ele, quanto mais gente estiver empenhado em ajudar na luta e combate a esses tipos de crimes, melhor.

“Este espaço está aberto para todos os moradores da zona Centro-Sul e vamos fazer outros brevemente nos demais Creas. Com isso a gente espera dar uma atenção a quem mais merece. E isso aqui é uma realidade graças à sensibilidade do Laboratório Sabin, que já trabalha o esporte conosco e agora está nos ajudando com mais esse apoio para as crianças”, disse Arthur Neto.

A ludoteca conta com jogos, brinquedos, livros e material pedagógico para auxiliar psicólogos e assistentes sociais nos trabalhos de aproximação e interação. Entre eles estão quebra-cabeças, fantoches, bonecas de pano, giz de cera e massa de modelar. Outros brinquedos como bonecos sexuados, policial, família terapêutica e família inclusão social também são instrumentos de trabalho para o acompanhamento de crianças vítimas de violência.

De acordo com informações da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e dos Direitos Humanos (Semmasdh) atualmente, cerca de 300 pessoas são atendidas por mês no Creas Centro-Sul. “Essa ludoteca vai ser usada pelos nossos psicólogos e assistentes sociais para conversar com as nossas crianças e assim procurar entender o que aconteceu com elas e determinar, assim, qual será o melhor tipo de atendimento a ser adotado”, disse a subsecretária Mônica Santaella.

Todo o material, equipamentos e brinquedos da ludoteca foram disponibilizados pelo Sabin. De acordo com o gerente-executivo do laboratório, Fábio Deboni, ao todo foram investidos cerca de R$ 15 mil. Ele explicou que a manutenção do espaço também ficará sob a responsabilidade da empresa privada.

“Nós já temos uma parceria com a prefeitura e já entregamos academias ao ar livre. Agora, estamos com mais esse projeto que pretendemos expandir para todos os Creas. Nós nos sentimos felizes em darmos este retorno a uma cidade que nos acolheu muito bem. Além de Manaus, estamos em mais outras 58 cidades brasileiras de oito diferentes estados”, disse Deboni.

A fundo
O Projeto Ludoteca, do Instituto Sabin, foi criado em 2008 no Distrito Federal, com a intenção de proporcionar uma melhoria nos atendimentos realizados na rede pública (de saúde, de justiça e de assistência social) voltados a crianças e adolescentes em situação de violência, maus-tratos ou negligência. Em Manaus, o Instituto Sabin registra três anos de atividades desenvolvidas.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505