05/05/2016 12h15 - Atualizado em 5/05/2016 12h15

Biblioteca Volante estimula leitura de alunos de escolas municipais

Um total de 11 escolas conhecerão obras de autores regionais, nacionais e internacionais, até o fim de 2016.
Foto: Cleomir Santos/Semed
Foto: Cleomir Santos/Semed

Alunos de 11 escolas da rede municipal de ensino terão a oportunidade de conhecer obras de autores regionais, nacionais e internacionais, até o fim de 2016, por meio do projeto Biblioteca Volante. Obras de Aldísio Figueiras, Elson Farias, Ana Peixoto, Thiago de Mello fazem parte do acervo que será apresentado para os alunos contemplados com a ação.

O projeto está inserido no Programa “Mania de Ler”, que funciona em vans adaptadas como bibliotecas, com acervos de 600 livros de literatura e oferece, ainda, material didático, lúdico e estrutura para realizar pequenas apresentações e atividades ao ar livre, com supervisão de equipes pedagógicas da Secretaria Municipal de Educação (Semed), nos bairros da periferia da capital. O “mania de Ler” passará por 10 escolas da zona Leste da cidade e uma da zona Oeste. Em cada espaço ficará de 2 a 3 dias.

Clássicos da literatura infantil como ‘Chapeuzinho Vermelho, de Charles Perrault, obras de Walt Disney, dentre outras, fazem parte do acervo das Bibliotecas Volantes, que é mantido pela Secretaria de Estado da Cultura (SEC). De acordo com a coordenadora do programa, Fabiana Lima, o acesso às obras é gratuito. “O principal objetivo do projeto é despertar o hábito da leitura e fazer a circulação de livros em Manaus”, destacou.

Estímulo à leitura
Nesta semana, o projeto contemplará o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Renata Holanda de Souza Gonçalves, localizado no bairro Jorge Teixeira, zona Leste. Atividade lúdica beneficiará 480 alunos, de 4 e 5 anos, do 1º e 2º período. De acordo com a pedagoga da unidade de ensino, Greice Santos, o projeto se alinha com práticas pedagógicas do Cmei.

“Esta ação vem somar o com um projeto desenvolvido pela unidade, chamado “Quem conta um conto encanta, dentre outros”, que trabalha também com contos infantis e valores como: respeito e verdade” salientou.

A educadora ressaltou, também, a importância do estímulo à leitura na fase infantil. “Esta fase de 4 e 5 anos é a fase que as crianças estão fantasiando bastante. O contato de obras e livros além de ajudar no desenvolvimento da leitura e escrita, contribui no raciocínio lógico”, explicou.

Cronograma
Em seguida, o projeto contemplará, respectivamente, as escolas municipais Hiran de Lima Caminha e João Castro Filho, ambas localizadas no Bairro Jorge Teixeira; Cmei Poeta Antônio Gonçalves e Escola Municipal Antônio Nelson Neto, no Armando Mendes; Cmei Maria Emília e Escola Violeta de Matos Areosa, centralizadas na área da Colônia Antônio Aleixo; Escola Eliana Lúcia, localizada na Compensa e, sequência, as unidades de ensino Moisés de França Viana e Jorge Resende, pertencentes ao Bairro Tancredo Neves.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505