09/05/2016 14h58 - Atualizado em 9/05/2016 14h58

“É uma decisão de uma pessoa desequilibrada”, diz Pauderney sobre Waldir Maranhão

Segundo o líder do DEM, o processo não pertence mais a Câmara, portando, a decisão não tem valor.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após o presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA)anular o processo de impeachment da presidente Dilma, na manhã desta segunda-feira (9), o líder do DEM na Câmara, deputado Pauderney Avelino, disse, em coletiva de imprensa, receber a notícia com surpresa e incredulidade, além de afirmar que “não há o que anular”.

“Não imaginava que esse cidadão fosse tão ousado ao ponto de fazer uma coisa como essa e conturbar a nação do jeito que ele esta fazendo”, disse Pauderney.

O deputado disse, ainda, que o processo não pertence mais a Câmara, portando, não há como retroagir. “Quero deixar claro que essa decisão não tem nenhum valor, quero tranquilizar o povo brasileiro, não cabe mais ao presidente da Câmara agir sobre um processo jurídico perfeito e concluído perfeito e acabado perfeito, um processo jurídico que foi votado por 367 deputados, portando, ultrapassou os dois terços exigíveis pela Constituição brasileiro. É uma decisão de uma pessoa desequilibrada”, disse.

Redação AM Post

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505