12/05/2016 16h15 - Atualizado em 12/05/2016 16h15

“Ela cometeu crime de responsabilidade e não é a pessoa honesta que diz ser”, diz Pauderney sobre Dilma

A declaração foi dada pelo líder do DEM após pronunciamento de Dilma.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O líder do Democratas, deputado Pauderney Avelino (AM), avaliou o pronunciamento da presidente afastada, Dilma Rousseff, feito na manhã desta quinta-feira (12), no Palácio do Planalto. Diante de jornalistas, o líder declarou que “ela só disse aquilo que vem repetindo ao longo desse processo: que é honesta e que não cometeu crime. O problema é que os escândalos de corrupção no governo dela, inclusive na Casa Civil, que fica um andar acima do gabinete dela, cujos ministros foram nomeados por ela, são de dimensões assustadoras”. “Ela cometeu crime de responsabilidade e não é a pessoa honesta que diz ser”, completou ele.

Pauderney lembrou que, apesar dos discursos do ex-presidente Lula, do Advogado Geral da União e dos parlamentares aliados ao governo Dilma, que vêm reproduzindo a mesma narrativa “do golpe” feita pela presidente afastada, o processo de impeachment de Dilma foi realizado conforme a lei e a Constituição Federal, com o Supremo Tribunal Federal avalizando cada etapa desse processo.

Ao ser questionado sobre as possíveis reações dos defensores do governo, o deputado afirmou que o PT é muito destrutivo e que seus militantes vão querer fazer baderna, invasões, queimar pneus para bloquear estradas, entre outros. “Isso eles sabem fazer. Porém, a ordem precisa ser mantida. O Brasil precisa de paz e de prosperidade, e isso nós só vamos fazer com um governo que não seja do PT”, disse Pauderney.

De acordo com o parlamentar amazonense, o maior risco que o Brasil vive “era estar sendo governado pelo PT. Um governo temerário, sem princípios éticos e recheado de escândalos de corrupção que o Brasil nunca tinha visto”. Pauderney concluiu afirmando que agora o país tem a oportunidade de mudar a rota e que acredita na capacidade de Michel Temer de conduzir o Brasil na rota da ordem e do progresso.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505