13/05/2016 16h57 - Atualizado em 13/05/2016 16h57

Incansável defensora de Dilma, Vanessa critica ministérios de Temer

A senadora ironizou a ausência de negros e de mulheres na equipe.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) criticou o novo ministério formado pelo presidente interino Michel Temer. Em discurso no Plenário nesta sexta-feira (13), a representante do Amazonas lembrou que a equipe recém-formada não apresenta notáveis, conforme o prometido, e ainda tem sete nomes citados na Operação Lava Jato.

“O presidente biônico Temer dizia que faria ministério técnico e de alto nível. Mas agora vimos que só tem deputado, senador e presidente de partido. Cadê os técnicos? Cadê o alto nível? Ele começou mentindo e se desmoralizando, com sete ministros que são citados na Lava Jato”, ironizou a senadora, depois de lembrar a ausência de negros e mulheres na equipe.

A senadora defendeu a presidente Dilma Rousseff em seu discurso. Ela reiterou que considera o impeachment um golpe, negou a existência de crimes de responsabilidade que justificassem o processo de impedimento e criticou o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

“A população tem que saber. O que está em curso é um golpe porque discordam do projeto político aplicado no Brasil nos últimos 13 anos, um projeto que não é perfeito, mas diferente, voltado às classes menos favorecidas”, afirmou Vanessa, que aproveitou para criticar o neoliberalismo.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505