17/05/2016 13h37 - Atualizado em 17/05/2016 13h37

Luiz Castro apoia projeto que prevê castração química de pedófilos

Para o deputado, a castração química é uma medida que pode erradicar a prática de pedofilia.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ao falar sobre a Semana Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, nesta terça-feira (17), o deputado estadual Luiz Castro (REDE), se manifestou favorável ao Projeto de Lei da Câmara de Deputados que prevê a castração química de pedófilos. Da tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado ainda tratou sobre as ações do Parlamento durante a Semanal Nacional, entre elas a abordagem de casos de crimes sexuais contra menores de idade, que ainda não foram solucionados.

Para o deputado, a castração química, é uma medida que pode erradicar a prática de pedofilia no Brasil. “Existe um projeto de lei nacional que prevê a castração química dos abusadores e eu, particularmente, sou favorável, porque a castração química é a única solução para o pedófilo contumaz”, disse. A proposta que trata sobre o assunto tramita na Câmara de Deputados.

Sobre as ações do Parlamento, Castro explicou que durante a Semana Nacional de Enfrentamento a Aleam promoverá debates sobre o assunto, abordando inclusive casos emblemáticos de crianças e adolescentes que foram abusadas e que até hoje os autores dos crimes não foram punidos. “Teremos a visita da doutora Zélia Campos, coordenadora do Serviço de atendimento à vítima de violência sexual da Maternidade Doutor Moura Tapajós em Cessão de Tempo, uma entrevista com a imprensa, falando dos casos emblemáticos de crianças e adolescentes que foram abusadas e que até hoje não viram a punição de seus algozes”, disse.

Na programação ainda está previsto um Seminário Intersetorial de Enfrentamento à Violência Sexual, que será realizado nos dias 23 e 24 de maio.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505