04/05/2016 16h10 - Atualizado em 4/05/2016 16h10

PC prende pistoleiro que atuava na zona Centro-Sul da cidade

O criminoso é autor de três homicídios e investigado por envolvimento em outros três.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), prendeu na última segunda-feira, dia 2, Mohamed Bashir Júnior, 28, conhecido como “Basílio”, autor de três homicídios ocorridos em 2012, 2013 e 2016. O rapaz também é investigado pela polícia por envolvimento em outras três mortes. Com o infrator foram apreendidas drogas, uma arma de fogo e um documento falso.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira, dia 4, no prédio da especializada, o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, falou sobre o caso e informou que Mohamed foi preso em cumprimento a mandados de prisão pelos homicídios de Fabiano do Nascimento, chamado de “Mosquito”, e de Paulo César dos Santos Lacerda, ocorridos, respectivamente, em 2012 e 2013. As vítimas tinham 26 anos.

“O homicídio de Fabiano aconteceu na madrugada do dia 18 de dezembro de 2012, no beco Beira Rio, no bairro da União, zona Centro-Sul. Paulo foi morto na noite do dia 5 de novembro de 2013, na Avenida Ivanete Machado, no bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul”, declarou Martins.

De acordo com o titular da DEHS, Mohamed também foi indiciado pelo homicídio de Rodrigo Aroldo Gomes de Matos, que era chamado de “Blink”. O crime aconteceu no dia 21 de fevereiro deste ano, na Rua 27 do bairro Parque Dez de Novembro. O jovem tinha 24 anos.

“Todas as três vítimas foram alvejadas por disparos de arma de fogo, efetuados por Mohamed. Os crimes tinham relação com o tráfico de drogas. Ainda estamos investigando a participação do infrator em mais três mortes”, afirmou Ivo Martins.

Conforme a autoridade policial, Mohamed é considerado um indivíduo de alta periculosidade. Ele atuava como pistoleiro de uma quadrilha que atua nos bairros da União e Parque Dez. Outros integrantes do bando, como Adriano Rolim da Silva, o “Dri”; Diego Marinho de Souza, o “Diego Meleiro”, e Bruno de Souza Carvalho, chamado de “Bruno Fiel”, estão sendo procurados pela polícia. Mohamed, segundo Ivo Martins, também atuava como gerente do tráfico, principalmente naquela região da capital.

Os mandados de prisão pelos homicídios de Paulo e Fabiano foram expedidos, respectivamente, pelos juízes Eliezer Fernandes Júnior, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, e pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Ivo Martins ressaltou que Mohamed foi preso por volta das 17h, na casa onde morava, localizada em um condomínio situado na Rua Curió, bairro Tarumã-Açu, zona Oeste. Na ocasião, os investigadores efetuaram buscas no imóvel, onde apreenderam uma pistola 380 com numeração raspada, encontrada sobre o banco do passageiro de um veículo modelo Corsa Classic, de cor preta e placas PHF-0086. “A arma e o automóvel foram utilizados nos homicídios”, disse o delegado.

O titular da DEHS informou ainda que foram encontrados na casa quatro cigarros de maconha, 17 munições, petrechos para refino e venda de drogas, além de um Registro Geral (RG) em nome de Pedro Teixeira Brito de Carvalho, com a foto de Mohamed. O documento teria sido comprado, segundo o homem, por R$ 250. A polícia irá investigar o caso.

Mohamed foi indiciado pelos homicídios de Fabiano, Paulo e Rodrigo. Ele também foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições de uso permitido, tráfico de drogas e petrechos, além de uso de documento falso. Na manhã de hoje o flagrante foi convertido em prisão preventiva. Após os procedimentos legais, o infrator será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505