17/05/2016 13h28 - Atualizado em 17/05/2016 13h28

SAMU é importante legado para Manaus, diz Wilker Barreto

Na última segunda-feira (16), o serviço foi homenageado em solenidade comemorativa na Aleam.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“O Serviço Móvel de Atendimento de Urgência foi construído aos poucos. Fincou as bases para o seu êxito na unidade, companheirismo, solidariedade, lealdade, ética e, hoje, é um importante legado para a cidade”, disse o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wilker Barreto (PHS), ao participar, na tarde desta segunda-feira (16), no auditório da Assembleia Legislativa, da solenidade comemorativa pelos dez anos do SAMU 192 – Manaus, na qual foram prestadas homenagens e destacada a relevância do trabalho de remoção de urgência e emergência prestados pelos quase mil profissionais que integram aquela serviço.

Durante a cerimônia, que teve a entrega de certificados do Curso de Capacitação de Multiplicadores em Simulação Realística para WILKER BARRETO (PHS) – SAMU 10 ANOS_ROBERVALDO ROCHA (2)Profissionais do Sistema Único de Saúde e contou com as presenças do prefeito Arthur Neto; do secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão; do coordenador do Samu, Rui Abrahim e outras autoridades municipais, Wilker enalteceu a presteza e respeito ao ser humano com que os ‘samuzeiros’, ajudando a salvar vidas muitas vezes atendendo a chamados de emergência em ambientes hostis e insalubres.

“Sei o quanto é difícil, neste momento de aguda crise econômica, manter-se um serviço com tamanha regularidade e eficiência”, ressaltou o vereador, chamando a atenção para o fato de nos últimos dois anos a Prefeitura de Manaus ter perdido recursos da ordem de R$ 800 milhões. Wilker Barreto cumprimentou o prefeito Arthur Neto; o secretário Homero de Miranda Leão; e o coordenador Rui Abrahim pelo empenho no sentido de manter a regularidade e qualidade dos serviços prestados pelo SAMU.

O prefeito Arthur Neto ateve-se, particularmente, aos números resultantes do trabalho do SAMU 192 – Manaus nesses dez anos de existência “Foram 438 mil pedidos de urgência e emergência atendidos; mais de 3.5 milhões de ligações recebidas incluindo-se aí 841 mil trotes; 16 mil treinamentos para representes de diversos segmentos, abancando grande parte dos servidores do próprio serviço de remoção móvel”, informou o prefeito.

Segundo Arthur, o serviço conta atualmente com dez bases terrestres nas seis zonas populacionais de Manaus; um total de 56 ambulâncias, sendo 34 Unidades de Suporte Básico; oito Unidades de Suporte Avançado; duas ambulâncias S-10 que atendem as vicinais do município; doze motolâncias e ambulanchas que atendem aos moradores das zonas rural e ribeirinha.

“Há muita confiança da população no trabalho do SAMU, porque sabe que o serviço vai chegar e é prestado com respeito ao ser humano e muita eficácia”, disse Arthur Neto, enfatizando o seu respeito pelos profissionais que prestam os serviços.

O diretor do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, Paulo Roberto Mendonça Júnior, que já fez parte do SAMU, elogiou o trabalho realizado por condutores, médicos e técnicos no deslocamento e cuidados com as pessoas acidentadas ou enfermas.

“Para mim foi um período de muito aprendizado, vivenciando situações que vão além de especialidades médicas”, observou, acrescentando que “os samuzeiros atuam, sobretudo, com muito respeito e amor ao próximo.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505