08/05/2016 23h44 - Atualizado em 8/05/2016 23h44

Senador petista quer usar audiência como forma de impedir votação do impeachment

Denúncias afirmam que manifestantes devem invadir e ocupar o Senado para obstruir processo.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O senador do Partido dos Trabalhadores, Paulo Paim conseguiu emplacar a realização de uma Audiência Pública na manhã desta segunda-feira (9), no Senado Federal, onde segundo ele, serão discutidos assuntos sobre democracia e direitos humanos, mas denúncias revelam que a realização da audiência, na verdade, é uma forma de levar e facilitar a entrada de manifestantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da União Nacional dos Estudantes (UNE) no Parlamento para a concretização de um plano em ocupar o Senado com o objetivo de impedir a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), previsto para a próxima quarta-feira (11).

Há um evento criado no facebook com o nome “OPERAÇÃOOCUPASENADO”, que vem divulgando a audiência para amanhã, dia 9, às 9h. Diversas pessoas postaram palavras de ordem revelando que o objetivo é tentar obstruir a votação por meio da ocupação de todo o Senado.

O senador Fernando Francischini (SDD) também postou um vídeo em suas redes sociais, na noite deste domingo (8), falando sobre a possível manifestação, alertando o presidente do Senado, Renan Calheiros a reforçar a segurança no local e impedir a ação dos petistas.

Fonte: Redação AM POST

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505