24/05/2016 14h14 - Atualizado em 24/05/2016 14h15

Suspeito de roubar e matar taxista é preso em Manaus

A PC ainda procura um casal que também participou do latrocínio.
Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Felix, apresentou na manhã desta terça-feira, dia 24, durante coletiva de imprensa realizada no prédio da unidade policial, na zona Centro-Oeste, Edson Oliveira da Silva, 20, conhecido como “Abacate”, envolvido no latrocínio do taxista José Augusto Ferreira Pires, ocorrido no dia 15 deste mês. A vítima tinha 45 anos.

De acordo com a autoridade policial, o infrator foi interceptado pelos policiais civis da Derfd na última sexta-feira, dia 20, por volta das 19h, na Rua Aratituba, bairro Tancredo Neves, zona Leste da cidade. A prisão ocorreu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido naquele mesmo dia, por volta das 16h, pelo juiz da 9ª Vara Criminal, Henrique Veiga Lima.

Conforme Adriano Felix, na madrugada do dia 15 deste mês Edson e o casal Abraão Moraes da Silva, 23, e Aline Silva da Silva, 21, consumiram bebidas alcoólicas em uma casa de shows localizada na Avenida Autaz Mirim, bairro São José Operário, zona Leste. Quando deixavam o local eles fizeram parada ao taxista e solicitaram uma corrida até a Invasão Nova Conquista, naquele mesmo bairro, quando praticaram o delito.

“Durante as investigações, depoimentos colhidos e a partir das imagens captadas pelas câmeras de segurança do estabelecimento, vimos o momento exato em que o taxista parou o veículo na Rua Bento Fernandes e os infratores o renderam. Enquanto Edson segurou a vítima, Abraão enforcou José e, em seguida, desferiu quatro golpes de faca no pescoço da vítima. Após o crime, eles fugiram do local levando o celular do homem”, explicou Adriano Felix.

O titular da Derfd informou que as investigações iniciaram logo após o latrocínio. A equipe de investigação da especializada saiu em diligência na expectativa de localizar os infratores nas imediações do local onde o taxista foi morto e descobriu que o trio já era conhecido na área pela prática de roubos. A autoridade policial ressaltou ainda que Abraão é foragido do regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde cumpria pena por roubo.

Abraão Moraes da Silva, 23, e Aline da Silva, 21 (Foto: Divulgação)

Abraão Moraes da Silva, 23, e Aline da Silva, 21 (Foto: Divulgação)

Edson foi indiciado por latrocínio. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia ele será conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça. Quem tiver informações sobre o paradeiro do casal Abraão e Aline, favor entrar em contato com os servidores da Derfd pelos números: (92) 3239-3780 ou 3239-3755. Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505