28/06/2016 08h34 - Atualizado em 28/06/2016 10h33

Arena da Amazônia é entregue para o Comitê Rio 2016

O estádio vai receber jogos dos torneios de futebol, masculino e feminino.
Mauro Neto/Sejel
Mauro Neto/Sejel

Com o legado de oportunidades para o futebol local, o estádio mais importante do Norte do Brasil, a Arena da Amazônia, foi entregue ao Comitê Olímpico Rio 2016 na segunda-feira, dia 27. Agora, o estádio vai entrar em preparação para receber os jogos dos torneios de futebol, masculino e feminino, das Olimpíadas Rio 2016.

Depois de quatro meses sendo administrada pela nova gestão da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), o estádio acumulou números importantes. Foram 17 jogos realizados desde fevereiro, entre amistosos, partidas oficiais e das categorias de base. Em meio a tantos jogos, a Arena da Amazônia recebeu 163,111 mil torcedores que viram 58 vezes a rede balançar.

“Temos muito que comemorar. Fizemos da Arena a casa do futebol amazonense, como ela deve ser. Tivemos as meninas do Iranduba fazendo bonito, tanto na segunda fase do campeonato brasileiro feminino, como agora na liga Sub-20 em que elas levaram mais de 17 mil à Arena. Também mais recente, no último sábado, o time Sub-20 do Fast foi o primeiro campeão Juniores da Arena. Agora será o momento de mais empenho e ir atrás de mais conquistas para nós, para o nosso futebol”, afirmou o Secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Fabrício Lima, relembrando os jogos que serão realizados no estádio, após as Olimpíadas.

“Teremos a Seleção Brasileira, agora com o técnico Tite que vem motivado para mudar a cara da nossa seleção, teremos jogos do Brasileiro e também jogos das seleções femininas no final do ano. Nossa Arena vai continuar recebendo os grandes jogos” avisou.

De acordo com o gestor de praças esportivas, Thiago Durante, o estádio está sendo entregue cumprindo todos os encargos pedidos pelo comitê.

“Tudo o que foi combinado foi feito. Agora o comitê começa a preparação de toda a parte de infraestrutura e correções de manutenção de equipamentos e toda a parte de sinalização da Arena. Devemos ter a Arena de volta a partir do dia 15 de agosto”, declarou Durante.

Recordes de público da Arena

Pela primeira vez na história da Arena, uma semifinal de campeonato Carioca foi realizada em Manaus. No dia 24 de abril, o estádio da Copa do Mundo recebeu rubro-negros e vascaínos que juntos formaram 44.419 torcedores e quebraram o recorde da Arena, antes pertencido a Honduras x Suíça que recebeu 40.322 pessoas no Mundial de 2014.

Já no último dia 24 de junho, foi à vez das meninas do Iranduba levarem para o estádio 17.322 pessoas que foram conferir a final da I Liga Sub-20 de Futebol Feminino. A decisão na Arena da Amazônia foi contra a Adeco-SP e entrou para a história do futebol brasileiro, uma vez que o público registrado bateu o recorde nacional de espectadores numa competição de clubes, superando os 12.300 de Saad X Cresspom, em 2007.

Fast faz história

No dia 25 de junho, o Fast Clube consagrou-se como o primeiro campeão do futebol de base do Amazonas na Arena da Amazônia e escreveu seu nome no gramado do estádio que vai ser palco das Olimpíadas. Dono da melhor campanha da competição, o Rolo Compressor conquistou o segundo título do Campeonato Amazonense Júnior ao vencer por 4 a 1 o Penarol.

Para o final do Estadual, foi preparada uma festa bonita, inspirada nas grandes competições brasileiras, com direito a troféu estilizado, sky paper, pórticos de premiação e medalhas personalizadas.

“Fizemos questão de preparar uma grande final, que merecia com toda certeza a Arena da Amazônia. Isso demostra para os jogadores e toda a equipe técnica a importância deles para o futebol local. É uma maneira de valorizá-los e dar ao torcedor um momento especial”, destacou o Secretário.

Arena pós Olimpíadas

Após as Olimpíadas, o cronograma de atividades da Arena da Amazônia está agitado. Na agenda, está prevista a partida entre Brasil x Colômbia, no dia 6 de setembro, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. No dia 12 de outubro, o estádio será palco de Fluminense e Flamengo. No mesmo mês das crianças, ainda está previsto o lançamento do Museu Olímpico e das visitas guiadas.

Nos dias 07, 11, 14 e 18 de dezembro, a Arena receberá o 1ª Copa Caixa Internacional de Futebol Feminino, que pela primeira vez será realizada em Manaus e na região Norte, reunindo as seleções nacionais do Brasil e de outras três nações, por determinar.

Fazendo jus ao título que recebe como multiuso, a Arena da Amazônia, segundo o gestor Thiago Durante, ainda está negociando para receber três shows e alguns eventos empresariais em seu setores.

“Ainda vamos ter muita coisa boa para anunciar, se Deus quiser, e cada vez mais nossa população irá frequentar este estádio, que tem o futebol como protagonista, mas que também vai dar alegrias com outros eventos”, disse Durante.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505