29/06/2016 08h12 - Atualizado em 29/06/2016 08h12

Empresa de Eike pagou propina a Cunha, diz Folha

A afirmação é do ex-vice-presidente da Caixa Econômica, Fábio Cleto.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O ex-vice presidente da Caixa Econômica Fábio Cleto afirmou em delação premiada que uma empresa de Eike Batista pagou propina a ele próprio e a Eduardo Cunha para obter recursos do FGTS.

Segundo a Folha de S.Paulo, trata-se da LLX, a empresa de logística do grupo de Eike, e a propina teria envolvido títulos de dívida (debêntures) da empresa.

Cleto teria recebido cerca de R$ 240 mil pela transação, mas não soube especificar quanto teria sido pago a Cunha por não ter participado diretamente do pagamento.

Ao jornal, os citados negaram envolvimento com irregularidades.

Fonte: Exame.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505