17/06/2016 07h45 - Atualizado em 17/06/2016 07h45

Rubén Aguirre, o Professor Girafales de ‘Chaves’, morre aos 82 anos

O anúncio foi feito no Twitter na manhã desta sexta-feira, por Edgar Vivar, o professor Barriga.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O ator mexicano Rubén Aguirre, conhecido por interpretar o Professor Girafales em “Chaves”, morreu nesta sexta-feira (17) aos 82 anos. A informação foi publicada no Twitter por Edgar Vivar, que fazia o Senhor Barriga no mesmo programa. “Meu professor favorito, descansa em paz… Hoje meu grande amigo Rubén Aguirre parte deste plano.
Sentirei muito sua falta”, escreveu Vivar na mensagem. Não há informação sobre a causa da morte.

Aguirre, que tinha diabetes e problemas renais, havia passado recentemente 11 dias internado no México por causa de uma pneumonia.

Exatamente um ano atrás, Aguirre havia divulgado uma carta em que dizia ter “sérios problemas de saúde”.

Intitulado “E agora, quem poderá me defender?” (referência ao personagem Chapolin), o texto reivindicava assistência médica da Associação Nacional de Atores do México (Anda).

“Como muitos de vocês sabem, nos últimos tempos meu estado de saúde e de minha esposa se debilitaram (…) Minhas forças se acabaram. Tenho lutado há dez anos por esse direito, porque há dez anos preciso dele. Tenho 81 anos e, repito, tenho sérios problemas de saúde”, escreveu.

Ainda em 2015, Aguirre tinha sido hospitalizado por causa de cálculos na vesícula e problemas na coluna.

No ano anterior, ele havia sido internado no México com quadro de desidratação e anemia.

De acordo um de seus filhos Arturo, Aguirre tomava medicamentos havia pelo menos duas décadas para controlar doenças renais e diabetes.

Nascido em 15 de junho de 1934, na cidade de Saltillo, no México, Rubén Aguirre era formado em engenharia agrônoma e começou a carreira artística como locutor de rádio e TV. Seu perfil no Facebook informa que, desde 1976, fazia apresentações em circos interpretando o Professor Girafales.

Aguirre era casado desde 1960 e deixa sete filhos.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505