16/06/2016 06h55 - Atualizado em 17/06/2016 07h54

Sejel anuncia pacote de eventos e ações esportivas para este ano, na Arena da Amazônia

Toda a renda será repassada ao Fundo Estadual de Esporte e Lazer (Feel).
Foto: Mauro Neto/Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Um pacote de eventos e ações esportivas para 2016 foi anunciado, em coletiva de imprensa, na tarde de quarta-feira, 15, pelo titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabrício Lima. Na ocasião, estavam presentes representantes do Esporte Clube Iranduba da Amazônia, Federação Amazonense de Futebol (FAF), e Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej).

No pacote, foram divulgados a fase final da Liga Feminina de Futebol Sub-20, os jogos do Nacional válidos pela série D, a 1ª Copa Caixa Internacional de Futebol Feminino, o apoio ao Estadual Infantil e Juvenil e a inauguração de um museu Olímpico no Estádio.

Liga Sub-20

A fase final da Liga Sub-20 de Futebol Feminino acontece nos dias 22 e 24 de junho. As disputas, que antes tinham o estado de São Paulo como destino dos jogos, passou a ser Manaus depois de forte negociação do gestor da pasta esportiva. A entrada para todas as partidas é gratuita.

Desta forma, no primeiro dia de jogos, entram em campo, às 18h, Adeco-SP X Aliança-GO e, logo em seguida, às 20h, tem Vasco da Gama e Iranduba. No segundo dia, os jogos acontecem no mesmo horário.

“Tivemos poucos dias para negociar, pois a Liga já estava prevista para outro estado, mas com o bom desempenho do Iranduba, e com a parceria que nós oferecemos, a competição foi confirmada e, se Papai do Céu permitir, veremos as Guerreiras do Hulk levantarem a taça em casa, um momento histórico e que vai fomentar ainda mais o esporte no nosso Estado”, disse Lima.

O presidente do Verdão, Amarildo Dutra, comemorou a notícia. “Estamos felizes com essa decisão de fazer a semifinal e final na Arena. Antes estava definido que essa fase final seria realizada em São Paulo, mas estrategicamente o secretário conseguiu reverter essa decisão. Para nós é importante, não porque estamos invictos na competição, mas por poder contar com a presença da torcida. E se a nossa equipe continuar jogando o futebol que está jogando, não é à toa que fizemos 45 gols, sofrendo apenas 5, chegaremos a decisão e quem sabe traremos esse título inédito para o Amazonas”, afirmou.

1ª Copa Caixa Internacional de Futebol Feminino

Outra disputa que passa a ter a Arena da Amazônia como a “casa do futebol feminino” é a 1ª Copa Caixa Internacional de Futebol Feminino, que pela primeira vez será realizada em Manaus e na região Norte. Em três rodadas duplas, as seleções nacionais do Brasil e de outras três nações, por determinar, jogarão umas contra as outras, nos dias 7, 11 e 14 de dezembro; as duas seleções que somarem maior número de pontos disputarão o título de campeã no dia 18 de dezembro.

“Teremos aqui a seleção brasileira principal e temos outras seleções que estão na briga para vir à Copa, como Itália, Portugal, Canadá, México, Costa Rica e Argentina. Sem dúvidas, este evento vai consolidar ainda mais o nosso futebol feminino e estamos confiantes que vai atrair grande público”, disse Lima, ao informar que a competição não terá custo para o Governo do Amazonas, uma vez que a mesma é bancada pela patrocinadora oficial do evento.

Jogos do Nacional
Único representante de Manaus na Série D do Campeonato Brasileiro, o Nacional terá mais dois jogos na Arena da Amazônia, antes de o estádio ser entregue ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no dia 27 de junho. No próximo sábado, dia 18, o Leão enfrenta o Atlético-AC e no dia 26, domingo, o Naça se despede do palco da Copa do Mundo na partida contra o Trem-AP. No dia 17 de julho, o Leão da Vila vai disputar a sexta rodada da competição contra o Genus-RO, no estádio da Colina.

“Agradeço imensamente ao Comitê do Rio pela sensibilidade de estender mais uma vez o prazo da entrega da Arena. A parceria está possibilitando o apoio incondicional ao nosso esporte e todos saímos ganhando com isso, na certeza que nada prejudicará as Olimpíadas”, ressaltou Lima.

Arena terá museu Olímpico
Futuro palco das Olimpíadas, a Arena da Amazônia vai ganhar um museu Olímpico no início do mês de outubro. Com muitas histórias para contar, o local terá peças exclusivas, através de materiais doados pelo presidente da Confederação Sul-Americana de Atletismo (Consudatle), Roberto Gesta. O museu terá entrada paga, com preços diferenciados para aqueles que moram no Estado e visitantes de outras regiões e países, e vai movimentar a economia do Estádio.

Toda a renda, segundo Fabricio Lima, será repassada ao Fundo Estadual de Esporte e Lazer (Feel), que possibilitará apoio ao esporte local.

Amazonense
Assim como vem ocorrendo pelo Campeonato Amazonense Júnior, a Sejel anunciou que a entidade vai coordenar a categoria Infantil e Juvenil 2016. Segundo Fabricio Lima, toda a estrutura de policiamento, ambulância, arbitragem, delegados de partida, estádios sem custos, entre outros, serão colocados à disposição dos campeonatos.

Na ocasião, Lima ainda frisou que aguarda a decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD-AM) para esta sexta-feira, 17, quando poderá anunciar o local da final do Sub-20, previsto – até então – para ocorrer na Arena da Amazônia, com rodada dupla, dia 21 de junho.

“Vamos coordenar com muito prazer e reponsabilidade a base e ainda estamos fechando uma parceria com o consulado do Japão para realizar a doação de 100 chuteiras para essas categorias e fortalecer o nosso futebol”, disse Lima.

Arena movimentada
No dia 12 de outubro, a Arena da Amazônia – como anunciado previamente – ainda será palco de Fluminense e Flamengo e dia 06 de setembro Brasil X Colômbia.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505