20/06/2016 18h00 - Atualizado em 22/06/2016 12h48

TJAM aprova reajuste da tarifa de ônibus em Manaus e Prefeitura diz que vai recorrer

Aumento foi autorizado na manhã desta segunda-feira (20). Preço será reajustado de R$ 3 para R$ 3,55.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Por dois votos a um, a segunda câmara cível do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) aceitou o pedido de reajuste da tarifa do transporte coletivo de Manaus em ação apresentada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). A decisão foi tomada na manhã desta segunda-feira (20) e teve votos favoráveis dos desembargadores Ari Moutinho e Domingos Chalub. O voto contrário foi do desembargador Sabino Marques.

Porém a Prefeitura de Manaus informou, na tarde desta segunda-feira (20), que irá recorrer, imediatamente, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), contra a decisão do TJ-AM. O preço será reajustado de R$ 3 para R$ 3,55.

De acordo a Procuradoria Geral do Município (PGM), além das medidas que já adotou para melhoria do resultado operacional do transporte coletivo, o Município pondera que é impossível restituir aos usuários a tarifa aumentada. Além de recorrer ao STJ, a prefeitura, novamente, convocará o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) para o diálogo, na tentativa de reverter a ação.

A decisão do TJAM foi tomada na manhã desta segunda-feira (20) por dois votos a um. O pedido foi aprovado com votos dos desembargadores Ari Moutinho e Domingos Chalub contra o do desembargador Sabino Marques.

O Sinetram solicitou o reajuste com base no estudo realizado pela consultoria Ernst & Young, que apontou o percentual necessário para o reajuste na tarifa do transporte coletivo da cidade, que está congelado há três anos.

Fonte: G1

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505