27/07/2016 07h37 - Atualizado em 27/07/2016 07h37

Câmara Municipal analisa a criação do ‘Conselho de Ciência e Tecnologia’

A proposta tem objetivo de aumentar a participação da sociedade em formular, propor, avaliar e fiscalizar ações de desenvolvimento técnico-científico.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de Municipal de Manaus (CMM) está analisando a Indicação de autoria do vereador Everaldo Farias (PV), que tem o objetivo de aumentar a participação da sociedade em formular, propor, avaliar e fiscalizar ações de desenvolvimento técnico-científico. A proposta propõe ao Governo do Amazonas e à Prefeitura de Manaus, a criação do “Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação”.

O parlamentar apresentou a indicação no início do mês de junho e aguarda aprovação da Mesa Diretora da CMM, que após analisar e aprovar deverá enviar a proposta para o Executivo Estadual e Municipal.

De acordo com o texto da proposta, com a implementação do Conselho poderão ser realizadas parcerias com agentes privados para o apoio de iniciativas governamentais. O conselho também deverá promover a geração, difusão e democratização do conhecimento, informações e novas técnicas e incentivar a introdução e adaptação à realidade local de técnicas já existentes.

“Nossa indicação tem a finalidade de incentivar a produção científica em Manaus e em todo o nosso estado, as quais são estudos, eventos e pesquisas em áreas que contribuem com a política científica, tecnológica e inovadora com o objetivo de qualificar produtos e serviços locais, alavancando nossa economia”, explicou.

Ainda segundo a proposta, será de atribuição do conselho sugerir políticas de captação e alocação de recursos para suas respectivas finalidades, além de fiscalizar e avaliar o correto uso destes recursos.

Composição

O conselho será constituído por membros com mandatos renováveis a cada dois anos. Eles serão, em sua maioria, vinculados à comunidade científica e à sociedade civil organizada.

Para Everaldo, a existência do conselho significa desenvolvimento para Manaus e todo o Amazonas, porque é uma forma de agregar valores aos produtos locais para maior competitividade internacional.

“É importante que criemos mecanismos que valorizem o segmento da tecnologia em nossa região e a inovação é o caminho para esse ideal, que consequentemente desenvolverá a economia de todo o Amazonas”, concluiu o autor da proposta.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505