01/07/2016 18h29 - Atualizado em 2/07/2016 11h37

Dinheiro e celulares são achados em cela onde Adail Pinheiro está preso em Manaus

Além dele, prefeito afastado de Iranduba também estaria com celular.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Três celulares, um carregador, além de R$ 100 foram apreendidos nesta quinta-feira (30) durante revista na cela onde o ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, está preso em Manaus por suspeita de comandar uma rede de pedofilia no Amazonas.

Adail Pinheiro está preso no Comando de Policiamento Especializado (CPE), em Manaus, desde o dia 8 de fevereiro de 2014.

Além de Adail, o prefeito afastado de Iranduba, Xinaik Medeiros, detido no mesmo batalhão, também estaria com celular. Xinaik é suspeito de irregularidades em licitações e um esquema de desvio de verbas públicas em Iranduba.

De acordo com o delegado Paulo Benelli, do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), dois celulares estavam com Adail e o terceiro aparelho foi encontrado com o prefeito afastado de Iranduba, Xinaik Medeiros.

Além dos dois, o prefeito de Santa Isabel do Rio Negro, Mariolino Siqueira de Oliveira, também está detido no local. Ele deve ser intimado para prestar esclarecimento posteriormente.

Ao serem questionados sobre os objetos, Adail e Xinaik negaram à polícia a posse dos aparelhos celulares. No entanto, segundo o delegado, um policial que fez a revista afirmou que os próprios presos entregaram os celulares a ele.

Os objetos apreendidos serão encaminhados à Vara de Execuções Penais para que medidas punitivas sejam aplicadas aos suspeitos.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Fonte: G1

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505