01/07/2016 00h31 - Atualizado em 1/07/2016 10h24

Desembargador acata recurso da PMM e tarifa de ônibus em Manaus permanece em R$ 3

Foto: Robervaldo Rocha/CMM
Foto: Robervaldo Rocha/CMM

O desembargador Mauro Bessa anulou liminar que determinava o reajuste da tarifa de ônibus em Manaus. O reajuste da tarifa em R$ 3,54 começaria a valer a partir desta sexta-feira(1).

A anulação mantem a tarifa em R$ 3 até o julgamento do mérito, que ainda não tem data definida para acontecer.

Mauro Bessa considerou que o aumentou para R$ 3,54 poderia causar danos aos passageiros.

Para evitar o reajuste da tarifa, o procurador-geral do município, Marcos Cavalcanti, manejou um recurso especial junto ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), seguindo orientação do prefeito de Manaus, Arthur Neto, que resiste a tentativa dos empresários de reajustar a passagem de ônibus.

“É um recurso aplicado ao Superior Tribunal de Justiça, mas que tem efeito suspensivo da decisão no tribunal local”, explica. Sobre a possibilidade de fixar a tarifa em R$ 3 por decreto, já está estabelecida desde janeiro de 2015 neste valor. “O decreto já existe”, afirma o procurador.

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505