26/07/2016 14h26 - Atualizado em 26/07/2016 14h27

Fábricas do Polo Industrial de Manaus abrem mais de 330 vagas de emprego; confira

As seleções são para vários cargos em unidades na capital amazonense.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Mesmo sob efeito da crise econômica no país, novos postos de trabalho voltaram a surgir no Polo Industrial de Manaus (PIM). Neste início do segundo semestre de 2016, duas empresas multinacionais estão com 334 vagas de emprego abertas. As seleções são para vários cargos em unidades na capital amazonense.

A Samsung iniciou processo seletivo na primeira semana de junho com 600 vagas. Atualmente, a multinacional sul-coreana está com 134 vagas abertas para unidade em Manaus, onde ocorre fabricação de eletroeletrônicos.

As oportunidades são para cargos de operador de produção, auxiliar de CQ, inspetor de CQ, analista de CQ, técnico de conserto, técnico de SMD, ferramenteiro, trocador de molde, analista de compras, engenheiro e eletricista de manutenção.

A empresa oferece planos de saúde e odontológico, Participação nos Lucros e Resultados (PLR), bônus (semestral), transporte (rota), alimentação (na empresa), seguro de vida e convênio (escola de línguas).

Os interessados em disputar as vagas ofertadas pela Samsung devem encaminhar currículo para o e-mail [email protected], sinalizando no assunto a vaga ao cargo desejado ou cadastrar-se no Sine (unidades Centro e bairro Cidade Nova) para vagas de operador de produção.

A Samsung ainda não tem previsão se fará outros processos seletivos de contratações de trabalhadores para Manaus até o fim do ano.

Uma das maiores fabricantes de condicionadores de ar da América Latina também está com oportunidades de trabalho. A Midea Carrier iniciou processo de seleção de profissionais para fábrica na capital amazonense.

Segundo a empresa, inicialmente serão cerca de 200 vagas em caráter temporário. A seleção começou no dia 18 de julho para admissão no início de agosto. As vagas serão para as áreas de manufatura, logística, manutenção, qualidade e segurança. Os benefícios são os previstos em lei para contratos temporários.

“Inicialmente são 200 vagas, sendo que dependemos da confirmação de volumes de produção para abertura de novas posições”, informou a Midea Carrier.

Como a empresa reduziu seu quadro funcional no final do ano passado em função da redução de volume de produção, serão priorizados os ex-funcionários que não conseguiram recolocação no mercado de trabalho. A empresa disse que estava monitorando os ex-funcionários por meio de uma assessoria profissional. A consultoria que conduzirá o processo de seleção este ano será a Personal RH.

Fonte: G1

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505