13/07/2016 11h03 - Atualizado em 13/07/2016 11h03

Internautas se indignam com gravação onde professor petista difama Moro

O professor não identificado, fala que Lula é perseguido e diz que “esse papo de corrupção é só propaganda para otário cair”.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Circula pela Internet um vídeo chocante onde um professor petista, durante durante o que parece ser uma palestra, profere diversas ofensas e difamações contra o juiz Sérgio Moro, figura central da Operação Lava Jato.

Enquanto acusa Lula de ser perseguido, o professor, não identificado, diz que “esse papo de corrupção é só propaganda para otário cair”.

Ele segue disparando diversas ofensas contra Moro: “Esse juizinho de merda do Paraná, vou repetir… esse juizinho de merda do Paraná é um bandido – porque o cara que vira capa da Veja é um bandido. Não tem jeito. O pai desse indivíduo, vocês não sabem, é fundador do PSDB do Paraná. A mulher do Sérgio Moro é advogada do PSDB do Paraná. Ele, Sergio Moro, já trabalho no PSDB”.

Em abril de 2015, a esposa de Moro, Rosangela Wolff Moro, negou difamações deste tipo, quando afirmou o seguinte, no Twitter: “Atenção tuiteiros. Não sou, nunca fui advogada de partido político algum, seja do pt, psdb, pdt, pqp. Tampouco sou filiada a partido politico. Não sou, nunca fui advogada de qualquer político. Fui, em meados de 2009-2010, advogada da uma massa falida na área trabalhista, cujos síndicos, aliás, me passaram o calote, nunca pagaram os honorários, razão pela qual pedi renúncia em TODOS os processos.”

Os boatos de que o pai de Sérgio Moro teria sido fundador do PSDB foram espalhados pelo blog petista Diário do Centro do Mundo, mas foram desmascarados pelo site Boatos.Org.

Fonte: jornalivre.com

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505