07/07/2016 17h11 - Atualizado em 7/07/2016 17h14

Magno Malta elogia Comissão de Impeachment e critica Dilma, Lula e o PT

O senador acusou Lula e Dilma de executar um projeto do Foro de São Paulo para bancar “comparsas ideológicos” de outros países.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O senador Magno Malta (PR-ES) elogiou nesta quarta-feira (6) o trabalho da Comissão Especial do Impeachment, afirmando que o Legislativo cumpriu uma importante etapa no processo que “livrará o Brasil dos governos do Partido dos Trabalhadores”. O senador afirmou que “abiloladamente” deu apoio às candidaturas de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff apesar de todas as denúncias contra o projeto “perdulário” e “farsante” do PT.

Ele acusou Lula e Dilma de executar um projeto do Foro de São Paulo para bancar “comparsas ideológicos” de outros países com o dinheiro do povo brasileiro e de enriquecer o PT e seus dirigentes. E ainda avaliou que Dilma Rousseff manipulou as contas do governo para sustentar promessas eleitorais.

Magno Malta também criticou Dilma pela ausência na Comissão Especial de Impeachment. A presidente afastada enviou seu depoimento por escrito.

— O Brasil sabe o que é pedalada. O Brasil sabe, mas eu queria perguntar. Me responda só uma coisa, senhora presidente: a senhora mentiu ou não mentiu? Imagine se tivesse Procon para o processo eleitoral — declarou.

A coleta de recursos para as viagens de Dilma Rousseff pelo país também foi mencionada pelo senador. Magno Malta recomendou que a presidente afastada viaje junto com o povo e conheça a realidade de seus milhões de eleitores. O senador ainda ironizou o apoio do PT ao imposto sobre grandes fortunas, observando que as grandes fortunas do Brasil estão na cadeia, graças à operação Lava Jato.

Fonte: Agência Senado

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505