22/07/2016 07h50 - Atualizado em 5/08/2016 22h29

Manifestação Nacional Pró-Impeachment acontecerá no dia 31 de Julho em Manaus

Está sendo preparado um conjunto de pautas para pressionar o presidente interino, Michel Temer, a fazer um país mais livre.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Acontecerá no último domingo do mês de Julho, dia 31, em Manaus, a Manifestação Nacional Pró-Impeachment que iniciará a partir das 16h no Complexo Turístico da Ponta Negra, Zona Oeste da cidade, e contará com a participação de vários movimentos como: Brasil Livre – MBL, Revoltados Online, Vem Pra Rua, Direita Amazonas, Amazonas Em Ação, Papo de Direita, Nas Ruas, Avança Brasil, Real Democracia Parlamentar, Olho Fatal e demais grupos civis organizados.

De acordo com um dos coordenadores nacionais do Movimento Brasil Livre – MBL e um dos principais líderes das manifestações no Amazonas, Kleber Romão, é preciso continuar com as mobilizações no país em prol da vitória do Impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. “É necessário que mantenhamos a pressão sobre os senadores de todos os estados. E por isso, novamente tomaremos as ruas de Manaus”, informou.

Para a manifestação, segundo o coordenador, está sendo preparado um conjunto de pautas para também pressionar o presidente interino, Michel Temer, a fazer um país mais livre, com temas como: fim do foro privilegiado, apoio total à Polícia Federal, Ministério Público Federal e Juiz Sérgio Moro, Privatização dos Correios e da Petrobras, Expulsão da Venezuela do Mercosul, Criação das CPIs da UNE e da Lei Rouanet, Aprovação do projeto Escola Sem Partido na Câmara e no Senado.

Romão também destaca que no Amazonas existe um serio problema de representatividade quanto a atuação de dois representantes locais no Senado que são Vanessa Grazziotin e Eduardo Braga. Na opinião de Kleber, a senadora do PCdoB é fiel defensora do PT que ele denomina como “facção criminosa” e há muito se esqueceu de representar os anseios do povo brasileiro e principalmente do Amazonense, assim como Braga que para o militante é um político medíocre, populista, perigoso e que tem em seu histórico a defesa fervorosa dos governos Lula e Dilma.

Por: Natan Gaia – Redação AM POST

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505