08/07/2016 15h07 - Atualizado em 9/07/2016 13h13

Ministério da Saúde aponta 8 casos de bebês com microcefalia no AM

Segundo dados, 12 registros estão em investigação. Desde 2015, 25 casos foram notificados.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde divulgou, na quinta-feira (7), novos dados sobre a microcefalia no Brasil. De acordo com o levantamento, o Amazonas tem oito casos confirmados e 12 em investigação. A pesquisa foi feita com base nos dados informados pelos estados até o dia 2 de julho.

Nos casos confirmados, as crianças apresentam alterações típicas e indicativas de infecção congênita, como: calcificações cerebrais, alterações ventriculares e de fossa posterior entre outros sinais clínicos observados em testes laboratoriais ou de imagem.

Entre 2015 e 2016, 25 suspeitas de microcefalia no Amazonas foram notificados ao Ministério da Saúde. Do total, cinco foram descartados após exames laboratoriais e 12 continuam em investigação.

Ministério da Saúde, no entanto, ressalta que esse número não representa, adequadamente, a totalidade dos casos relacionados ao vírus da zika. Em Manaus, há um caso de microcefalia relacionado ao Zika.

Não há informações se os casos foram todos em Manaus ou se envolve outros municípios.
O Ministério da Saúde ressalta que está investigando todos os casos de microcefalia informados pelos estados, além da possível relação com o vírus Zika e outras infecções congênitas.

A microcefalia pode ter como causa, diversos agentes infecciosos além do Zika, como Sífilis, Toxoplasmose, Outros Agentes Infecciosos, Rubéola, Citomegalovírus e Herpes Viral.

A pasta orienta as gestantes adotarem medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

Fonte: G1

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.

Ultimas notícias

Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505